07/03/2022

Projetos Educacionais para as pessoas idosas: A observância Humanística para o exercício de cidadania

07/03/2022 - Por: Mauricio Ferreira da Cruz Junior autor de Projetos Educacionais para as pessoas idosas: A observância Humanística para o exercício de cidadania

O envelhecimento populacional é uma realidade mundial, e o Brasil está vivenciando gradativamente a inversão da pirâmide etária: as pessoas idosas a médio prazo serão número significativo em nossa sociedade. Consequentemente, debates e análises aprofundadas devem ser realizadas proporcionalmente às demandas da população idosa, visto que é crucial a proteção e o desenvolvimento do grupo em questão. Desse modo, alguns direitos, como aqueles relacionados à seguridade social, ao lazer e à educação, devem ter atenção redobrada pelos autores de sua execução. Sobre o Direito ao desenvolvimento e atenção ao direito educacional para as pessoas idosas, veja mais na obra Projetos Educacionais para as pessoas idosas: A observância Humanística para o exercício de cidadania, do autor Mauricio Ferreira da Cruz Junior.


Mauricio Ferreira da Cruz Junior. Doutorando em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestre em Direito, com subárea em Direitos Humanos pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Fadir). Professor da Faculdade Morgana Potrich (Famp) e coordenador da Comissão Própria de Avaliação dessa mesma instituição. Líder do Grupo de Estudo "Núcleo de Estudos Jurídicos" (NEJ-Famp). Foi bolsista de pós-graduação Capes. Membro do grupo de pesquisa Laboratório de Estudos e Pesquisa em Direitos Difusos (Ledd) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Fadir). Graduado em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (CPTL). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Humanos e minorias, atuando principalmente nos seguintes temas: Direitos Fundamentais, Direitos Humanos, Direito Educacional, Pessoas Idosas e Políticas Públicas.