O Movimento Indígena e a Luta por Emancipação

Ref: 978-85-473-0989-3

As organizações indígenas no Brasil apresentam um quadro de redes de articulação e mobilização política equivalencial que abarcam demandas indígenas por todo o território. Essas formas organizacionais estão calcadas e orientadas por políticas de direitos à terra, à autodeterminação, ao exercício da tradicionalidade, à cidadania, à participação política e a outros direitos assegurados pela Constituição Federal de 1988, além dos tratados internacionais.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 64,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 29,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-0989-3


ISBN Digital: 978-85-473-1447-7


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 16/04/2018


Número de páginas: 373


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Catiúscia Custódio de Souza.

As organizações indígenas no Brasil apresentam um quadro de redes de articulação e mobilização política equivalencial que abarcam demandas indígenas por todo o território. Essas formas organizacionais estão calcadas e orientadas por políticas de direitos à terra, à autodeterminação, ao exercício da tradicionalidade, à cidadania, à participação política e a outros direitos assegurados pela Constituição Federal de 1988, além dos tratados internacionais. As relações entre o Movimento Indígena e o Estado-Nação são analisadas à luz dos espaços institucionais de discussão política. Nesse sentido, a representação indígena é uma questão-chave. Sobretudo, o objetivo está em dar visibilidade e propiciar um canal de expressão para as lideranças, organizações, comunidades e o Movimento Indígena como um todo. A obra pretende ser uma ferramenta de reflexão e análise histórica e sociológica para lideranças indígenas e suas bases, bem como uma fonte de informação à sociedade não indígena alheia às questões e aos direitos indígenas. Podendo, também, servir como fonte de pesquisa para futuros estudos e investigações acerca do tema.