Políticas Educacionais: Conceitos e Debates

Ref: 2931847

O projeto do livro Políticas Educacionais: conceitos e debates, organizado pelos Profs. Drs. Ângelo Ricardo de Souza; Andréa Barbosa Gouveia e Taís Moura Tavares, publicado pela Editora Appris, iniciou-se quando os organizadores avaliavam a falta de uma publicação que atualizasse, em uma única obra, os principais temas deste amplo campo de pesquisa e estudos das Políticas Educacionais e servisse de suporte na formação de novos quadros de pesquisadores e professores, mas fizesse tudo isso pautando a leitura da ação pública sobre a educação considerando as diversas faces das disputas pelo poder presentes neste campo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 57,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0019-7


Edição: 3


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 209


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 17 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Ângelo Ricardo de Souza.

2. Andréa Barbosa Gouveia.

O projeto do livro Políticas Educacionais: conceitos e debates, organizado pelos Profs. Drs. Ângelo Ricardo de Souza; Andréa Barbosa Gouveia e Taís Moura Tavares, publicado pela Editora Appris, iniciou-se quando os organizadores avaliavam a falta de uma publicação que atualizasse, em uma única obra, os principais temas deste amplo campo de pesquisa e estudos das Políticas Educacionais e servisse de suporte na formação de novos quadros de pesquisadores e professores, mas fizesse tudo isso pautando a leitura da ação pública sobre a educação considerando as diversas faces das disputas pelo poder presentes neste campo.

O interesse em discutir as políticas educacionais, assim, tem relação com a preocupação de debater aspectos atuais deste campo e oportunizar maiores e melhores condições de acompanhamento e avaliação da educação às administrações públicas, aos estudantes nas universidades e à sociedade civil.

O livro está dividido em sete capítulos, tendo como colaboradores Juca Gil, Katherine Finn Zander, Marcos Alexandre Ferraz, Maria Angélica Pedra Minhoto e Rose Meri Trojan. 

Introdução: Por que estudar políticas educacionais? (Ângelo Ricardo de Souza)

Capítulo I: Estado, Política e Sociabilidade (Marcos Ferraz)

Capítulo II: Políticas educacionais na América Latina e os impactos da globalização (Rose Meri Trojan)

Capítulo III: Financiamento da Educação no Brasil (Andréa Barbosa Gouveia)

Capítulo IV: Federalismo e gestão dos sistemas de ensino no Brasil (Katherine Finn Zander & Tais Moura Tavares)

Capítulo V: Planos educacionais: entre a prioridade e a descrença (Juca Gil)

Capítulo VI: Política de Avaliação da Educação Brasileira: limites e perspectivas (Maria Angélica Minhoto)

Capítulo VII: Profissionais da educação: entre o Encantamento da Resistência Individual e o sofrimento no trabalho (Andréa do Rocio Caldas)



Andréa Barbosa Gouveia é graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná, mestre e doutora em Educação pela USP e é professora da UFPR desde 1998. É professora do Programa de Pós Graduação em Educação desde 2008, no qual atua desenvolvendo projetos de pesquisa que tratam de temas relacionados ao financiamento da educação, políticas educacionais e avaliação da educação. Contatos: andreabg@ufpr.br.

Andréa do Rocio Caldas Ângelo Ricardo de Souza é doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação: História, Política, Sociedade da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Atualmente é professor e pesquisador do Núcleo de Políticas, Gestão e Financiamento da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná. É editor do Jornal de Políticas Educacionais. Contatos: angelo@ufpr.br.

Juca Gil é pedagogo e doutor em educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), é professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e colunista da Revista Nova Escola Gestão Escolar. Pesquisa sobre políticas educacionais, coordenando, no momento, uma investigação acerca da gestão e do financiamento da educação especial, a qual conta com recursos do CNPq. Participa também de uma pesquisa nacional sobre remuneração docente financiada pela CAPES. É editor da FINEDUCA Revista de Financiamento da Educação. Contatos: jucagil@uol.com.br.

Katherine Finn Zander é acadêmica do curso de Direito na Universidade Federal do Paraná. Atua como bolsista de Iniciação Cientifica PIBIC/CNPq fazendo interlocuções entre o Direto e as Políticas Educacionais. Contatos: kat.finn.zander@gmail.com

Marcos Alexandre Ferraz é professor adjunto da Universidade Federal da Grande Dourados. Doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo, é pesquisador nas áreas de sociologia do trabalho e sindicalismo. É autor do livro Disritmia: sindicalismo e economia solidária no interior da CUT, assim como organizador dos livros Trabalho e Sindicalismo: tempos de incerteza e O Sindicalismo Equilibrista: entre o continuísmo e as novas práticas. Contatos: ferrazmarcos@uol.com.br.

Maria Angélica Pedra Minhoto é doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação: História, Política, Sociedade, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Atualmente é professora do curso de Pedagogia da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Seu interesse de pesquisa está circunscrito ao campo da Política Educacional, com ênfase nos Indicadores e Avaliações dos Sistemas de Ensino, bem como na Carreira e Remuneração Docente. Contatos: mminhoto@gmail.com.

Rose Meri Trojan é doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná, tendo realizado estudos pós-doutorais sobre Educação Comparada na Universidade de Salamanca/Espanha. Atualmente é professora do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná. Integra o Núcleo de Políticas, Gestão e Financiamento da Educação, realizando pesquisas na área, com ênfase em Educação Comparada, atuando principalmente nos temas relacionados à formação e condições de trabalho de professores e programas internacionais de avaliação do ensino e da aprendizagem. Contatos: rosetrojan@uol.com.br.

Taís Moura Tavares é doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professora do Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná, atuando nos cursos de graduação em Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. É pesquisadora do Núcleo de Políticas, Gestão e Financiamento da Educação, desenvolvendo pesquisas sobre gestão da educação, ensino médio, políticas educacionais. Contatos: tavarestais@gmail.com.