Sim, Senhor! Não, Senhor!: Discutindo o Relacionamento Social Militar

Ref: 978-85-473-0324-2

Em Sim, Senhor! Não, Senhor! Discutindo o relacionamento social militar, Márcio Galvão oferece ao leitor a oportunidade de desfrutar de uma leitura leve e reveladora sobre as formas de relacionamento social em uma instituição militar, local orientado por um regulamento que define todos os rituais de convivência. A partir do contato com esta obra, o leitor poderá compreender e entender o distanciamento social entre níveis hierárquicos existentes na caserna.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0324-2


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 169


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Márcio Galvão.

Em Sim, Senhor! Não, Senhor! Discutindo o relacionamento social militar, Márcio Galvão oferece ao leitor a oportunidade de desfrutar de uma leitura leve e reveladora sobre as formas de relacionamento social em uma instituição militar, local orientado por um regulamento que define todos os rituais de convivência. A partir do contato com esta obra, o leitor poderá compreender e entender o distanciamento social entre níveis hierárquicos existentes na caserna. Segundo postula o autor, as diferenciações e os distanciamentos sociais presentes na hierarquização dos ambientes militares sugerem uma apropriação de valores sociais comuns na sociedade de corte francesa do Antigo Regime – contexto em que as relações entre indivíduos estavam pautadas no prestígio e na estratificação social, simbolizados pelo lugar que cada nobre ocupava nos rituais de etiqueta social. O Regulamento de Continências, Honras, Sinais de Respeito e Cerimonial Militar das Forças Armadas, também aplicado às polícias militares das Unidades da Federação, estabelece as regras para os rituais militares, além de normatizar a convivência social entre os membros das instituições militares. Muito mais do que um instrumento de doutrinação social dos policiais militares, o Regulamento de Continências aponta para a presença de um status quo que conserva valores análogos aos da etiqueta social aplicada às sociedades de corte europeias, podendo ser lido a partir de sua semelhança com a etiqueta social cortesã e como um elemento formador do habitus militar. As discussões contidas em Sim, Senhor! Não, Senhor! são sustentadas por diversas teorias da sociologia clássica e contemporânea. Temas como hierarquia, habitus, instituição total, interação social e muitos outros estão presentes para o deleite do leitor que se dedica a pesquisar a temática militar.