Teatro do Oprimido na Educação de Jovens e Adultos

Ref: 978-85-8192-986-6

Dimir Viana traz nesta obra o ponto de vista sobre educação e cultura a partir de dois pensadores brasileiros que fizeram de sua prática um ato revolucionário. Tanto Augusto Boal como Paulo Freire não se contentavam em perceber a realidade opressiva, mas sugeriam que todo oprimido se levantasse da poltrona, do teatro ou da escola, para transformar a sociedade. E para Dimir não bastava discutir educação e teatro em geral; seu foco neste livro reflete sobre os espaços de diálogo, descoberta e ludicidade dentro da Educação de Jovens e Adultos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-8192-986-6


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 223


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Dimir Viana.

Dimir Viana traz nesta obra o ponto de vista sobre educação e cultura a partir de dois pensadores brasileiros que fizeram de sua prática um ato revolucionário. Tanto Augusto Boal como Paulo Freire não se contentavam em perceber a realidade opressiva, mas sugeriam que todo oprimido se levantasse da poltrona, do teatro ou da escola, para transformar a sociedade. E para Dimir não bastava discutir educação e teatro em geral; seu foco neste livro reflete sobre os espaços de diálogo, descoberta e ludicidade dentro da Educação de Jovens e Adultos.

A partir de elementos históricos do teatro oriental e ocidental o leitor entra em uma viagem reflexiva percebendo que a arte e a educação foram desenvolvidas, muitas vezes, com alicerces opressivos e discriminatórios. Mas como a cultura influencia a educação dos cidadãos? O autor nos ilumina com o processo de criação da metodologia do Teatro do Oprimido, passando pelo grupo Teatro de Arena de São Paulo, com o sistema Curinga, e analisa o Sistema Coercitivo de Aristóteles. 

Complementando a complexidade de sua pesquisa, Dimir Viana nos apresenta as relações entre a Pedagogia do Oprimido e o Teatro do Oprimido. Assunto amplamente discutido em congressos e encontros, pesquisado em teses e dissertações, mas que, pela primeira vez, toma formato de livro chegando ao grande público do Brasil.

Uma leitura indispensável para estudantes das áreas educacionais, culturais e sociais.

Flavio Sanctum

Doutor em Artes Cênicas e Curinga do Centro de Teatro do Oprimido