Uma História sobre o Ensino de Juros

Ref: 978-85-473-0162-0

A partir de uma investigação sobre o ensino de juros presente em livros didáticos de Matemática durante o século XIX, considera-se que a matemática escolar  do período dava ênfase ao ensino desse conteúdo devido ao caráter comercial, que permeava a sociedade, reforçando a interferência da política e da economia sobre a educação. Uma História sobre o Ensino de Juros analisa as seguintes obras: Primeiras Noções de Arithmetica, publicado em 1846 por Ayres de Vasconcellos Cardoso Homem; 


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 24,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0162-0


ISBN Digital: 978-85-473-0162-0


Edição: 1


Ano da edição: 2016


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 189


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Circe Mary Silva da Silva .

2. Waléria de Jesus Barbosa Soares.

A partir de uma investigação sobre o ensino de juros presente em livros didáticos de Matemática durante o século XIX, considera-se que a matemática escolar  do período dava ênfase ao ensino desse conteúdo devido ao caráter comercial, que permeava a sociedade, reforçando a interferência da política e da economia sobre a educação. Uma História sobre o Ensino de Juros analisa as seguintes obras: Primeiras Noções de Arithmetica, publicado em 1846 por Ayres de Vasconcellos Cardoso Homem; Tratado de Arithmetica, publicado em 1860, por João Antonio Coqueiro e Questões práticas de Arithmetica, publicada em 1895, por D. M. A.; além do livro Elementos de Arithmetica, cuja primeira edição data de 1852, e obra analisada de 1886, de autoria de Cristiano Benedicto Ottoni, por ponderar sua referência nacional. Considerando o contexto histórico em que as obras foram escritas, além de apresentar um esboço histórico sobre os juros com enfoque em Nicolo Fontana de Brescia (o Tartaglia), Alexis Clairaut e Leonhard Paul Euler, este livro busca observar  a relevância (ou não) do conceito de juros para o Ensino Fundamental e Médio nos dias atuais.