Vencedores e Fracassados: O Imperativo do Sucesso na Cultura da Autoajuda

Ref: 978-85-473-1365-4

A partir da influência da ética puritana, em aspectos relativos a trabalho e sucesso, e a mitos como o do self-made man, Mayka Castellano contextualiza o surgimento dos primeiros exemplares da literatura de autoajuda, sua relação com a cultura terapêutica, com a meritocracia e com processos de individualização contemporâneos. Para isso, vai buscar nos Estados Unidos a gênese do imaginário do sucesso que desembarca no Brasil nas últimas décadas do século XX.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 25,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1365-4


ISBN Digital: 978-85-473-1364-7


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 25/06/2018


Número de páginas: 215


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Mayka Castellano.

A partir da influência da ética puritana, em aspectos relativos a trabalho e sucesso, e a mitos como o do self-made man, Mayka Castellano contextualiza o surgimento dos primeiros exemplares da literatura de autoajuda, sua relação com a cultura terapêutica, com a meritocracia e com processos de individualização contemporâneos. Para isso, vai buscar nos Estados Unidos a gênese do imaginário do sucesso que desembarca no Brasil nas últimas décadas do século XX. Investiga, também, a recorrência de conceitos como a autonomia e a responsabilidade, marcas indeléveis do ambiente cultural formado pelo avanço das práticas econômicas do neoliberalismo. Ainda aparecem como temas do livro as nuances significativas na autoajuda voltada especificamente para a criação dos filhos e para a mulher.

É a partir desse olhar mais detalhado que a autora nos oferece uma visão crítica e original sobre a autoajuda e sobre um mundo dividido entre “vencedores” e “fracassados”.