A Climatologia Geográfica no Rio de Janeiro: Reflexões, Metodologias e Técnicas Para Uma Agenda de Pesquisa

Ref: 978-85-473-1553-5

A Climatologia, sobretudo aquela produzida por geógrafos, no estado do Rio de Janeiro, possui infinitas possibilidades de desenvolvimento, especialmente se considerarmos a pluralidade de questões contemporâneas e os avanços técnicos e metodológicos que possibilitam a construção de uma nova agenda de pesquisa.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 88,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-1553-5


Edição: 1


Ano da edição: 2018


Data de publicação: 31/10/2018


Número de páginas: 273


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Núbia Beray Armond.

2. Antonio Carlos da Silva Oscar Júnior.

A Climatologia, sobretudo aquela produzida por geógrafos, no estado do Rio de Janeiro, possui infinitas possibilidades de desenvolvimento, especialmente se considerarmos a pluralidade de questões contemporâneas e os avanços técnicos e metodológicos que possibilitam a construção de uma nova agenda de pesquisa.

A rica história dos conhecimentos climáticos desenvolvidos no estado – passando pelas contribuições de Afrânio Peixoto, Ary França, Adalberto Serra, Edmond Nimer, Lysia Bernardes, Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro, Ana Maria de Paiva Macedo Brandão, Lucy Galego Pinto, entre outros – reflete a pujança científica dessa área que, infelizmente, nas últimas décadas, tem enfrentado obstáculos estruturais, que vão desde a limitada capacidade de formação de recursos humanos até a reduzida quantidade de estudos sobre o clima do Rio de Janeiro, bem como sua pouca variedade temática, teórica, conceitual e metodológica.

A obra busca organizar e consolidar o atual conhecimento dessa área do conhecimento para o estado do Rio de Janeiro. Almeja, primeiramente, divulgar os estudos e projetos de pesquisa realizados por alguns pesquisadores, principalmente do estado, fomentando a articulação e a aproximação entre os pares, além de oferecer ao leitor um panorama do estado da arte da Climatologia no território fluminense, incluindo seu ensino. Nesse sentido, a primeira parte do livro traz resultados de pesquisa, eminentemente, envolvendo a climatologia do Rio de Janeiro.

Já na segunda parte do livro, com viés de compartilhamento metodológico, apresentam-se aquelas metodologias mais utilizadas, oferecendo aos pesquisadores, alunos e interessados na área uma fonte de possibilidades para o desenvolvimento de seu próprio programa de pesquisa.

É nosso desejo que este livro contribua com os avanços dessa ciência em âmbito nacional, mas sobretudo no território fluminense, e que de suas lacunas surjam diversas inquietações e críticas que levem ao florescimento e recoloquem a Climatologia no centro dos debates geográficos.

 

Os organizadores