Remoções de Favelas no Rio de Janeiro: Entre Formas de Controle e Resistências

Ref: 978-85-473-2819-1

O livro Remoções de favelas no Rio Janeiro: entre formas de controle e resistências busca discutir uma conjuntura recente na cidade do Rio de Janeiro, na qual uma forma de intervenção estatal sobre as favelas, que se considerava superada, tanto política quanto academicamente, retornou com força considerável: as remoções.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 20,90
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2819-1


ISBN Digital: 978-85-473-2819-1


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 01/03/2019


Número de páginas: 327


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Alexandre Almeida de Magalhães.

O livro Remoções de favelas no Rio Janeiro: entre formas de controle e resistências busca discutir uma conjuntura recente na cidade do Rio de Janeiro, na qual uma forma de intervenção estatal sobre as favelas, que se considerava superada, tanto política quanto academicamente, retornou com força considerável: as remoções. No período analisado, foram mais de 22 mil famílias retiradas de suas casas, espalhadas pela cidade ou realocadas em locais distantes e sem infraestrutura, em conjuntos habitacionais de péssima qualidade e com acesso precário a inúmeros serviços e bens de cidadania. Tal política provocou uma ruptura significativa na vida de milhares de pessoas, utilizou-se de ameaças e coações, além da violência física. Provocou, em conjunto com outras intervenções que ocorreram no período que vai de 2009 até 2016, alterações profundas no tecido urbano, nos seus usos e fluxos constitutivos, intensificando os processos de segregação socioespacial que historicamente marcam a cidade.