Planejamento da Criação Publicitária: Os Arquétipos e a Bússola Cognitiva: Volume 3

Ref: 978-85-473-2122-2

O livro Planejamento da criação publicitária: os arquétipos e a bússola cognitiva é a terceira obra da série Planejamento da Criação Publicitária, da Dr.ª Gabriela Lima, e propõe-se a oferecer aos docentes e aos profissionais da área um projeto pedagógico para a prática e o ensino da publicidade, dando enfoque as campanhas veiculadas em redes sociais digitais. Nesta obra, a autora apresenta o modelo de multifatores denominado de Bússola Cognitiva da Retórica Publicitária, que pretende superar o hiato existente entre os fundamentos do planejamento publicitário e a criação propriamente dita dos anúncios.


Calcule o frete

Opções de entrega:


Versão digital
R$ 32,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-2122-2


ISBN Digital: 978-85-473-2122-2


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 20/11/2019


Número de páginas: 2


Peso: 2 gramas


Largura: 2 cm


Comprimento: 2 cm


Altura: 2 cm


1. Gabriela Lima.

O livro Planejamento da criação publicitária: os arquétipos e a bússola cognitiva é a terceira obra da série Planejamento da Criação Publicitária, da Dr.ª Gabriela Lima, e propõe-se a oferecer aos docentes e aos profissionais da área um projeto pedagógico para a prática e o ensino da publicidade, dando enfoque as campanhas veiculadas em redes sociais digitais. Nesta obra, a autora apresenta o modelo de multifatores denominado de Bússola Cognitiva da Retórica Publicitária, que pretende superar o hiato existente entre os fundamentos do planejamento publicitário e a criação propriamente dita dos anúncios.
A Bússola Cognitiva utiliza a Retórica (ARISTÓTELES, s/d) como o principal fundamento da competência cognitiva da publicidade, tendo como eixo central a geração de credibilidade associada ao valor de felicidade, que na contemporaneidade está associada às liberdades individuais. A autora defende que a principal ponte entre o planejamento e a criação circunscreve-se na concepção de Arquétipos, aliada à compreensão do Capital Simbólico e das Tensões Culturais, que operam em uma sociedade, ao se ancorar:
a) no conflito social que estimula que uma marca busque sua hegemonia no sistema de marketing;
b) em um dos processos culturais em curso na sociedade, que gera determinados Paradigmas Publicitários;
c) nos modelos motivacionais do conceito de liberdade e felicidade;
d) no manejo da linguagem publicitária nos diferentes suportes tecnológicos.
A quantidade e complexidade de variáveis persuasórias observadas induziram a autora a elaborar um Sonar de Brand, consistindo em um “mapa” que registra o posicionamento de uma publicidade digital. Para interpretar os anúncios mapeados para o modelo motivacional, também foi empregada a teoria da Análise Transacional como a ordenadora de modalidades de interdiscurso publicitário. Dessa forma, a autora apresenta aos leitores técnicas e teorias que auxiliam no planejamento da criação publicitária, baseadas nos contextos socioculturais, nos arquétipos e nas interações digitais.