Formação de Educadores e Psicólogos: Contribuições e Desafios da Subjetividade na Perspectiva Cultural-Histórica

Ref: 978-85-473-4011-7

O livro Formação de educadores e psicólogos: contribuições e desafios da subjetividade na perspectiva cultural-histórica é resultado de uma construção coletiva do GT Subjetividade, Ensino e Aprendizagem da Associação Nacional de Pesquisa em Psicologia – Anpepp. A obra coloca em evidência as contribuições e os desafios que emergem do processo de reflexão e consolidação da Teoria da Subjetividade na perspectiva cultural-histórica, desenvolvida por Fernando Luis González Rey. O reconhecimento da formação como processo de produção e desenvolvimento subjetivo é o fio que entretece todos os capítulos deste livro, possibilitando ao leitor compreender por que há tanta dissonância entre formação e atuação profissional.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 59,00 R$ 35,40 40% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-4011-7


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 04/12/2019


Número de páginas: 233


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Maristela Rossato.

2. Vannúzia Leal Andrade Peres.

O livro Formação de educadores e psicólogos: contribuições e desafios da subjetividade na perspectiva cultural-histórica é resultado de uma construção coletiva do GT Subjetividade, Ensino e Aprendizagem da Associação Nacional de Pesquisa em Psicologia – Anpepp. A obra coloca em evidência as contribuições e os desafios que emergem do processo de reflexão e consolidação da Teoria da Subjetividade na perspectiva cultural-histórica, desenvolvida por Fernando Luis González Rey. O reconhecimento da formação como processo de produção e desenvolvimento subjetivo é o fio que entretece todos os capítulos deste livro, possibilitando ao leitor compreender por que há tanta dissonância entre formação e atuação profissional. De alguma forma, todos os capítulos colocam em discussão os modelos clássicos de formação que ainda se pautam muito na instrumentalização do profissional, limitando as possibilidades da constituição de pessoas que abram caminhos próprios de subjetivação. Processos de formação que ampliem as possibilidades de produção e desenvolvimento subjetivo abrem caminho para que os profissionais se constituam sujeitos autorais, críticos e criativos no tensionamento com as instituições sociais. Este livro é destinado a todos que desejam refletir e ampliar a compreensão sobre os processos de formação, concebendo-a como um processo vivo e de toda a vida. Nele, encontramos muitas possibilidades de novas inteligibilidades às inquietações geradas sobre os processos de atuação dos educadores e psicólogos.