Aqui Também tem Currículo! : Saberes em Diálogo no Ensino de Biologia

Ref: 978-85-537-0044-8

Este livro é resultado do trabalho de muitos professores envolvidos com o desenvolvimento dos conhecimentos e a busca pela ampliação de referências para mobilizar diálogos entre saberes sobre o Ensino de Ciências e Biologia. Os textos aqui apresentados reúnem parte dos debates empreendidos nas atividades do VIII EREBIO RJ/ES – Encontro Regional de Ensino de Biologia promovido pela Diretoria e Conselho Deliberativo da Regional 2 (RJ/ES) da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio).


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-537-0044-8


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 22/01/2020


Número de páginas: 297


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Mariana Lima Vilela.

2. Regina Rodrigues Lisbôa Mendes.

3. Francine Lopes Pinhão.

4. Natalia Tavares Rios .

Este livro é resultado do trabalho de muitos professores envolvidos com o desenvolvimento dos conhecimentos e a busca pela ampliação de referências para mobilizar diálogos entre saberes sobre o Ensino de Ciências e Biologia. Os textos aqui apresentados reúnem parte dos debates empreendidos nas atividades do VIII EREBIO RJ/ES – Encontro Regional de Ensino de Biologia promovido pela Diretoria e Conselho Deliberativo da Regional 2 (RJ/ES) da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio). O evento foi realizado em setembro de 2017 de forma compartilhada nas instituições vizinhas UFRJ (Campus Praia Vermelha), UNIRIO e Instituto Benjamin Constant. A comissão organizadora inspirou-se no movimento “Aqui já tem currículo!”, lançado pela ANPED em 2016 para propor o tema central do evento: “Aqui também tem currículo!” Com a palavra os professores de Ciências e Biologia. Provocados pelo título do evento, os autores dos textos apresentados nesta obra apresentam reflexões que por um lado podem apontar para um horizonte de perda de autonomia na construção do currículo diante do cenário de recentes mudanças nas políticas educacionais. Mas, por outro lado, também alimentam movimentos de (re)construção, de insistência e de resistência a mudanças que vem interpelando os saberes e as práticas curriculares no Ensino de Ciências e Biologia. Esperamos que os textos aqui apresentados contribuam para manter e estimular os debates lançados no VIII EREBIO RJ/ES nos diversos espaços que possam circular a partir de sua publicação.