A Poética de Lee-Li Yang

Ref: 978-85-473-4554-9

A saudade baila entre os versos de Lee-Li Yang, heterônimo feminino do moçambicano Virgílio de Lemos. Apaixonada por Duarte Galvão, também heterônimo do escritor, seu canto parece estabelecer-se em uma relação entre carta e poema, foco do presente estudo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-4554-9


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 09/03/2020


Número de páginas: 125


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Camila de Toledo Piza Costa Machado.

A saudade baila entre os versos de Lee-Li Yang, heterônimo feminino do moçambicano Virgílio de Lemos. Apaixonada por Duarte Galvão, também heterônimo do escritor, seu canto parece estabelecer-se em uma relação entre carta e poema, foco do presente estudo. Dessa forma, em um contexto em que a voz feminina ainda era abafada, o livro Mar de mim: coração de gozo, de 1952, será estudado de modo que se analisem elementos diversos que permeiam a saudade, a busca de uma autonomia de seu próprio corpo, um erotismo metapoético e tantos outros que se tecem e interpenetram nessas palavras de amor e dor. Por fim, mais do que um corpo em tensão amorosa e sexual, as implicações políticas e estéticas também serão abordadas em diálogo com a sua própria cosmovisão poética.