Comunicação, Estética e Política: Epistemologias, Problemas e Pesquisas

Ref: 978-85-473-4253-1

Resultado do primeiro encontro do Grupo de Pesquisa Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), o livro reúne 15 artigos de pesquisadoras e pesquisadores dedicados à investigação de objetos e processos comunicacionais que fazem ver - a partir de diversos marcos teóricos e metodológicos - relações entre o sensível e as políticas do corpo: classe, raça e etnia, gênero e orientação sexual.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-4253-1


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 03/06/2020


Número de páginas: 285


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Gabriela Almeida.

2. Jorge Cardoso Filho .

Resultado do primeiro encontro do Grupo de Pesquisa Estéticas, Políticas do corpo e Gêneros da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), o livro reúne 15 artigos de pesquisadoras e pesquisadores dedicados à investigação de objetos e processos comunicacionais que fazem ver - a partir de diversos marcos teóricos e metodológicos - relações entre o sensível e as políticas do corpo: classe, raça e etnia, gênero e orientação sexual. Se é verdade que nem todos os corpos são reconhecidos com plena legibilidade, as pesquisas em debate neste volume apresentam proposições para que esses corpos ocupem espaços nas cenas do cotidiano: os espaços que desejam habitar, tornando-se corpos falantes, seres de palavra, disputando regimes de visibilidade, explorando fissuras e evidenciando experiências que reorganizam o campo político. O esforço que emerge desta coletânea, portanto, é o de pensar na dimensão estética da experiência política, tomada especialmente nas relações de tempo e espaço que determinam as formas possíveis de partilha do sensível e, desse modo, a organização do comum e a configuração dos espaços a serem ocupados pelos sujeitos.