O Discurso Religioso e as Sexualidades Mal Ditas

Ref: 978-65-5523-287-5

O discurso religioso e as sexualidades mal ditas aborda a maneira como os sentidos sobre o gênero e a sexualidade ditos desviantes são significados no chamado discurso religioso neopentecostal. Com base na Análise de Discurso materialista de linha francesa, a obra oferece ao leitor um dispositivo de leitura que permite ir além da superfície linguística dos enunciados produzidos pela Igreja Universal do Reino de Deus – em seu jornal Folha Universal.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00 R$ 34,30 31% off
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 49,00 R$ 22,00 56% off

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5523-287-5


ISBN Digital: 978-65-5523-296-7


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 16/06/2020


Número de páginas: 183


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Wellton da Silva de Fatima.

O discurso religioso e as sexualidades mal ditas aborda a maneira como os sentidos sobre o gênero e a sexualidade ditos desviantes são significados no chamado discurso religioso neopentecostal. Com base na Análise de Discurso materialista de linha francesa, a obra oferece ao leitor um dispositivo de leitura que permite ir além da superfície linguística dos enunciados produzidos pela Igreja Universal do Reino de Deus – em seu jornal Folha Universal. Nessa direção, adentra-se o processo discursivo que se engendra nas páginas do jornal, remetendo-se os dizeres ali formulados às suas filiações ideológicas e ao modo como, pelas condições de produção do discurso e pela ordem da língua, determinados sentidos produzem-se de uma maneira, e não de outra. Na abordagem teórica mobilizada, leva-se em conta o funcionamento do discurso religioso em sua relação com o discurso jornalístico, tendo em vista as implicações dessa relação na construção de efeitos de verdade e de evidência sobre determinadas maneiras de se estar no gênero e de vivenciar a sexualidade. Trata-se, portanto, de uma articulação original nessa linha de Análise de Discurso: aborda-se a relação entre o imperativo do discurso religioso, o modo de dizer do domínio jornalístico e, ainda, os processos de significação do gênero e a sexualidade.