Do Interesse à Paixão na Política: Uma Trajetória Filosófica de Alexis de Tocqueville

Ref: 978-65-5523-234-9

O livro Do interesse à paixão na política lança um novo olhar sobre o pensamento de Alexis de Tocqueville ao realizar uma leitura filosófica do seu pensamento, considerando o percurso cronológico das suas obras publicadas. Essa leitura parte de uma investigação sobre o que propulsiona a ação dos homens democráticos modernos na esfera pública, fazendo-os atuar também fora da esfera privada.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-5523-234-9


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 26/08/2020


Número de páginas: 221


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Paula Gabriela Mendes Lima.

O livro Do interesse à paixão na política lança um novo olhar sobre o pensamento de Alexis de Tocqueville ao realizar uma leitura filosófica do seu pensamento, considerando o percurso cronológico das suas obras publicadas. Essa leitura parte de uma investigação sobre o que propulsiona a ação dos homens democráticos modernos na esfera pública, fazendo-os atuar também fora da esfera privada. Trata-se de indivíduos que vivem exclusivamente para si, conforme a sua razão, e que visam prioritariamente a busca do seu bem-estar material. Eles tendem a viver isolados, mas há algo que os motiva a agir para a união do corpo político. A aposta desta obra é que, no percurso de suas reflexões filosóficas, Tocqueville apresenta as categorias políticas do interesse e da paixão como esse algo. Elas são descritas como categorias fundamentais para a conservação e o funcionamento da democracia moderna e são importantes chaves de compreensão do pensamento tocquevilliano. Não são elementos constitutivos da democracia, mas são princípios de ação operacionais para o estado social democrático, especialmente por darem alicerce para a união do corpo político em uma época em que elementos como Deus e a natureza não dão conta da justificação da ação na esfera pública e não se apresentam como um argumento político viável para a união de uma sociedade.
Este livro visa a contribuir para a apreensão da linguagem política do início do século XIX que influencia as teorias políticas e as filosofias políticas produzidas da atualidade. É, na verdade, uma tentativa de compreensão da nossa modernidade política.