Ética, Direito Penal e Mercado: Mercantilização do Sistema Penal no Brasil

Ref: c

O presente livro, intitulado Ética, Direito Penal e Mercado: Mercantilização do Sistema Penal Brasileiro, é produto de tese defendida pelo autor em dezembro de 2011 junto ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Pernambuco, Faculdade de Direito do Recife, sob orientação do sociólogo e professor Luciano Oliveira.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 84,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 29,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5523-699-6


ISBN Digital: 978-65-5523-693-4


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 02/09/2020


Número de páginas: 289


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 21 cm


Comprimento: 27 cm


Altura: 2 cm


1. Gustavo Barbosa de Mesquita Batista.

O presente livro, intitulado Ética, Direito Penal e Mercado: Mercantilização do Sistema Penal Brasileiro, é produto de tese defendida pelo autor em dezembro de 2011 junto ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Pernambuco, Faculdade de Direito do Recife, sob orientação do sociólogo e professor Luciano Oliveira. Retrata as imbricações entre ética, direito penal e mercado e sua influência sobre as práticas sociais e as relações humanas. Descreve aspectos éticos, históricos e culturais que determinaram a formulação do paradigma penal clássico e sua variada conformação social, bem como explicita os limites da linguagem utilizada pelo sistema jurídico penal diante de outras linguagens, tais como as desenvolvidas pelas relações mercantis e de troca extremamente presentes no cotidiano social. O livro busca estudar a genealogia e as consequências dessa estranha relação mercantil de extorsão/corrupção que marca o cotidiano do Sistema Penal, em especial o caso do Sistema Penal Brasileiro. É inovador ao sugerir uma tipologia classificatória para os sujeitos mercantis envolvidos nesse processo e analisar aspectos político-criminais relevantes para uma remodelação do Sistema Penal diante desse cenário de violência e mercantilização. Instigante em virtude da descrição histórica original e acurada dos fenômenos que envolvem conceitos éticos, dogmático-penais e político-criminais, apresentados de forma densa sem perder a clareza das ideias.