Pedagogia do Esporte e Valores: Intervenções para Formação da Personalidade Moral

Ref: 978-65-5820-328-5

Vivemos tempos de valores em crise e mudanças profundas e rápidas nos relacionamentos. Superficialidade, virtualidade, individualidade, exacerbação do orgulho e da vaidade, desrespeitos de toda ordem são características que marcam a modernidade líquida, termo cunhado por Bauman.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-328-5


ISBN Digital: 978-65-5820-327-8


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 28/09/2020


Número de páginas: 213


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Leopoldo Katsuki Hirama.

2. Paulo Cesar Montagner.

Vivemos tempos de valores em crise e mudanças profundas e rápidas nos relacionamentos. Superficialidade, virtualidade, individualidade, exacerbação do orgulho e da vaidade, desrespeitos de toda ordem são características que marcam a modernidade líquida, termo cunhado por Bauman.
Por outro lado, atribui-se ao esporte o poder quase “mágico” de desenvolver valores adequados para uma boa convivência. Infelizmente, entendemos que essa atribuição está mais pautada no senso geral do que em uma proposta pedagógica refletida e aprofundada. Reforçam essa tese os inúmeros exemplos verificados nos próprios ambientes esportivos, desde a iniciação até o alto rendimento, com casos de agressividade entre jogadores, professores e expectadores, a busca pela vitória a qualquer custo, a exclusão sistemática dos menos habilidosos em contraste com a valorização excessiva da soberba dos que apresentam os melhores resultados.
Mas o esporte, esse fenômeno humano de múltiplas formas e sentidos, tem o poder de oferecer um ambiente que nenhum outro fenômeno é capaz, unindo em um só espaço crianças, jovens e/ou adultos que compartilharão de dilemas que colocarão à prova seus valores, conflitando seus desejos com os dos demais, podendo entender que, por muitas vezes, será necessário ceder para melhorar individual e coletivamente; que a cooperação é a chave para competir; que a superação, o esforço e a dedicação são pré-requisitos para o desenvolvimento.
No entanto, para que o esporte se torne esse ambiente único para a formação da personalidade, é necessário que se busque a criação de uma cultura moral adequada, e, para tanto, a intencionalidade é essencial. E mais, para que as propostas no interior do grupo esportivo sejam intencionais, é necessário que se conheça como a moralidade desenvolve-se e a quais características dessa atmosfera devemos atentar-nos.
Neste livro, discutimos a aplicação de propostas de intervenção para o desenvolvimento da personalidade moral durante 5 anos de projeto com o ensino do judô, destacando os aspectos relevantes para a formulação das ações e suas possíveis decorrências.
Apesar de atuarmos com uma modalidade esportiva individual, entendemos que as características que aqui tratamos podem ser replicadas em outros espaços e com outros esportes. Dessa forma, convidamos a todos para essa imersão!

1
O ESPORTE EM TEMPOS DE LIQUIDEZ: JUSTIFICATIVA PARA O TRABALHO EM MORALIDADE...............................................................................................33


2
OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO MORAL............................................................................41
2.1 A educação moral e a pedagogia do esporte..............................................................................46
2.1.1 Ambiente sociomoral e esportivo..........................................................................................46
2.1.2 Dilemas morais vivenciados.....................................................................................................49
2.1.3 Perfil do professor.........................................................................................................................50
2.1.4 Continuidade e profundidade no aprendizado e o desenvolvimento moral ........51
2.1.5 O diálogo e a compreensão.......................................................................................................53
2.1.6 Intervenção como proposta intencional.............................................................................54


3
PERCURSOS E AMBIENTE DA PESQUISA......................................................................57
3.1 Intervenções em educação moral aplicadas no projeto esportivo..................................59


4
DISCUSSÃO DOS DADOS: AS CATEGORIAS DE ANÁLISE................................63


CATEGORIA 1 – A COMUNIDADE E SEUS VALORES........................................................64
1.1 A cidade de Amargosa e a comunidade dos Barreiros.....................................................65
1.2 Estranhar o familiar, familiarizar-se com o estranho......................................................68
1.2.1 O valor do negro............................................................................................................................69
1.2.2 O valor da mulher..........................................................................................................................70
1.2.3 O valor da comunidade rural......................................................................................................73
1.2.4 A ausência de bens considerados comuns ..............................................................................75
1.2.5 Costumes, consequências e intervenções................................................................................76
Considerações da categoria..................................................................................................................78
Implicações da categoria para a prática docente........................................................................79


CATEGORIA 2 – HETERONOMIA COMO PASSAGEM PARA A
AUTONOMIA MORAL.............................................................................................................................81
A – Imposição inicial de regras de conduta..................................................................................83
B– Diálogo ou explicação constante................................................................................................84
C – Aulas inicialmente mais diretivas.............................................................................................84
2.1 Aulas diretivas – do faço o que eu mando para como você acha que
pode ser feito?.............................................................................................................................................85
2.2 Hoje você ficará de fora da aula! As sanções como dilema moral..............................88
2.3 A trajetória de R. (aluno 61)..........................................................................................................90
2.4 A trajetória de D.................................................................................................................................98
Considerações sobre a categoria......................................................................................................106
Implicações da categoria para a prática docente......................................................................109


CATEGORIA 3- PRINCÍPIOS ADOTADOS NO AMBIENTE DO
ENSINO DO ESPORTE..........................................................................................................................112
3.1 Adoção de normas e rotinas ......................................................................................................112
3.2 O desenvolvimento do respeito nas relações.....................................................................116
3.3 Incentivo para a cooperação......................................................................................................127
3.4 Adoção e manutenção da proposta metodológica de ensino do judô....................137
3.5 Estimulação do sentimento de pertencimento..................................................................139
3.6 Determinação de valores segundo as exigências locais.................................................145
3.7 Busca pelo diálogo e compreensão..........................................................................................146
Considerações sobre a categoria......................................................................................................151
Implicações da categoria para a prática docente......................................................................152


CATEGORIA 4 - A PROFUNDIDADE NO APRENDIZADO COMO
FUNDAMENTO DO DESENVOLVIMENTO MORAL........................................................154
4.1 O desenvolvimento do interesse por meio de intervenções pontuais e a curto, médio e longo prazo..............................................................................................................................155
4.2 A competição como meio de compreensão da evolução e determinação de metas futuras.............................................................................................................................................161
4.3 O engajamento e o desejo de aprofundamento manifestado.....................................168
4.4 O esporte deve ser sempre para todos? Os casos de evasão........................................172
Considerações sobre a categoria......................................................................................................174
Implicações da categoria para a prática docente......................................................................175
CATEGORIA 5- A CONDUTA DO PROFESSOR: CARACTERÍSTICAS PARA
A MEDIAÇÃO NA MORALIDADE............................................................................................177
Considerações sobre a categoria......................................................................................................189
Implicações da categoria para a prática docente......................................................................190
CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................................193
REFERÊNCIAS...................................................................................................................................199
INDICE REMISSIVO......................................................................................................................211