Comunicação Combinada Estratégias Integradas e Multimídia para a Saúde Pública Municipal

Ref: 978-65-5820-027-7

A comunicação é fundamental para a saúde, em especial a pública, ou seja, o Sistema Único de Saúde (SUS), voltado para todos os cida - dãos. O objetivo principal é a prevenção de agravos, mudanças de comportamentos para hábitos saudáveis, prestação de serviços, promover qualidade de vida e ser um processo democrático, com a participação da sociedade.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 75,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 33,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-5820-027-7


ISBN Digital: 978-65-5820-026-0


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 26/10/2020


Número de páginas: 247


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Thiago Passaro.

A comunicação é fundamental para a saúde, em especial a pública, ou seja, o Sistema Único de Saúde (SUS), voltado para todos os cida - dãos. O objetivo principal é a prevenção de agravos, mudanças de comportamentos para hábitos saudáveis, prestação de serviços, promover qualidade de vida e ser um processo democrático, com a participação da sociedade.
O acesso à informação e a promoção da comunicação, inclusive, são obrigações constitucionais do poder público. No entanto, o que se observa, é que os governos têm falhado em cumprir esse dever e direito da população, ao não realizarem de forma efetiva, eficaz e estratégica a comunicação.
Nesse contexto, o livro Comunicação Combinada: estratégias integradas e multimídia para a saúde pública municipal teve como objetivo identificar como as Secretarias Municipais da Saúde (SMSs) podem utilizar a comunicação para atingir com mais eficiência e eficácia seus públicos, em especial os cidadãos, a partir da comuni - cação pública, ou seja, com foco no interesse público.
A obra ressalta o uso de estratégias de comunicação integradas e multimídia, com base nos princípios do SUS, ao promover uma comunicação universal, integral, equânime, descentralizada, hierárquica (no sentido de graus de complexidade e apoio entre as instituições públicas de níveis federativos distintos e entre o poder público e a sociedade) e com participação social.
É proposta ainda uma mandala com 12 eixos de comunicação (comunicação interna, assessoria de imprensa, eventos, criação/publicidade, audiovisual, site/portal, redes sociais, aplicativos para dispositivos móveis, jogos, fotografia, parcerias e realidade virtual, realidade aumentada e produções em 360º), que incluem mídias, estratégias e áreas da comunicação, para que as SMSs os implantem de acordo com as realidades e necessidades locais.
Você vai ver que esta discussão vai para além da saúde e vale também para outras áreas, inclusive hierarquias superiores, como o Governo do Estado e Ministério da Saúde, para organizações não governamentais (ONGs) e até para a área privada.
Este livro chega às suas mãos com o objetivo de que todas essas ideias sejam compartilhadas de forma mais abrangente possível. Vamos juntos fazer uma comunicação em saúde melhor para todos!