Fotografias Escolares: Práticas do Olhar e Representações nos Álbuns Fotográficos da Escola Caetano de Campos

Ref: 978-65-5820-613-2

No livro Fotografias escolares: práticas do olhar e representações nos álbuns fotográficos da Escola Caetano de Campos procura-se investigar registros produzidos na e pela escola para identificar recorrências e, por meio de sua percepção, a consolidação de uma imagem da escola passível de construção de padrões de representação social e de iconografia. Com essas premissas, objetivou-se contribuir para a reflexão sobre cultura escolar como produtora de uma representação singular.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 66,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-5820-613-2


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 27/11/2020


Número de páginas: 295


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Rachel Duarte Abdala .

No livro Fotografias escolares: práticas do olhar e representações nos álbuns fotográficos da Escola Caetano de Campos procura-se investigar registros produzidos na e pela escola para identificar recorrências e, por meio de sua percepção, a consolidação de uma imagem da escola passível de construção de padrões de representação social e de iconografia. Com essas premissas, objetivou-se contribuir para a reflexão sobre cultura escolar como produtora de uma representação singular. Essa imagem de escola foi categorizada a partir das representações fotográficas do universo escolar, com base nas recorrências e nas similitudes temáticas e compositivas das fotografias escolares. Partindo do pressuposto de que as fotografias constituem suportes de memória e que apresentam uma narrativa, procurou-se estudar a articulação entre as fotografias individuais e a sua organização em álbuns fotográficos. Para além de sua especificidade particular, os retratos, coligidos em álbuns fotográficos, são redimensionados e inseridos numa lógica narrativa que expande sua potencialidade informativa. Investigou-se tanto a singularidade do retrato e do álbum, quanto a articulação entre esses dois suportes de memória. Para o desenvolvimento da pesquisa, foram analisados os 24 álbuns fotográficos da Escola Caetano de Campos, de São Paulo, cuja temática é a própria escola, além de atividades e práticas nela desenvolvidas. O primeiro álbum é de 1895 e o último é de 1966. Quanto à metodologia, além da análise dos elementos compositivos da fotografia, realizou-se um estudo centrado nas séries documentais compostas pelos álbuns fotográficos e pelos retratos escolares neles apresentados. Buscou-se discutir a necessidade, as especificidades e os limites da prática da classificação, considerando-se as dificuldades teóricas e históricas de classificar a própria fotografia. Desse modo, foi desenvolvido um estudo sobre as temáticas da fotografia escolar, considerando os subtemas que elas englobam. Foram identificados quatro temas: arquitetura, práticas escolares, retratos e eventos. Este livro permite refletir sobre as relações entre fotografia e escola em suas diversas dimensões, estabelecendo as diferenças entre as perspectivas da fotografia de escola e a fotografia na escola.