O Pedagogo-Bricoleur: Diferenças nas Tramas da Pedagogicidade

Ref: 978-65-5820-696-5

O pedagogo-bricoleur: diferenças nas tramas da pedagogicidade é escrito em um ritmo intenso e suave ao mesmo tempo, com uma linguagem própria, inspirado em múltiplas referências, sem hierarquias.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 59,00 R$ 41,30 30% off
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-5820-696-5


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 14/12/2020


Número de páginas: 175


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Daniele Farias Freire Raic.


O pedagogo-bricoleur: diferenças nas tramas da pedagogicidade é escrito em um ritmo intenso e suave ao mesmo tempo, com uma linguagem própria, inspirado em múltiplas referências, sem hierarquias. O referencial teórico consistente – com imersão na filosofia, notadamente na Filosofia da diferença de Gilles Deleuze e Félix Guattari e na Pedagogia, e com formulações sobre formação, sobre legislação educacional brasileira – é tão significativo quanto os relatos da mãe artesã sobre suas composições em forma de colchas de retalho que enchem os olhos e confortam as almas, quanto as narrativas dos colaboradores pedagogos apresentando-se em seu devir pedagogo e quanto o caminhar profissional de Daniele com toda a sua sensibilidade.
Importante tomar a metáfora da urdidura de um patchwork, das tramas para a costura de pequenos (e grandes, e significativos) retalhos, principalmente quando cada um desses retalhos, cada fio usado para costurar e entrelaçar, cada elemento da composição, enfim, mostra-se como algo vivo em toda a sua potência.
A feitura deste livro, desde a apresentação gráfica, o título e os primeiros escritos, os procedimentos metodológicos até as formulações finais, leva-nos à imersão em uma trama competentemente bricolada para tratar do pedagogo bricoleur; uma bela composição em que conteúdo e forma não se separam.
Nesta obra temos um mundo, o mundo da pedagogicidade de um pedagogo-bricoleur, no qual me foi permitido, como leitora privilegiada, adentrar para, em/com sua trama, aprender. Criativa e generosa, Daniele soube fazer o melhor para a fruição alheia. Comprometida com a formação em Pedagogia, lança o leitor em um processo formativo. Para mim, foi, também, uma abertura para exercer a minha pedagogicidade. Para outrxs leitores, pela abrangência da obra, poderão se abrir outras possibilidades.


Maria Roseli Gomes Brito de Sá