Arte: Uma Lavoura Arcaica

Ref: 978-65-5820-760-3

O livro Arte: uma Lavoura Arcaica traz uma proposta de leitura inédita, dentro da crítica literária, das obras Lavoura Arcaica, romance de Nassar (1975), em conjunto e a partir da óptica de sua tradução fílmica, LavourArcaica de Luiz Fernando Carvalho (2001), ressaltando o percurso do sensível trilhado pelo cineasta para que pudesse, assim, devolver ao espectador a força tímica necessária também para o leitor.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-760-3


ISBN Digital: 978-65-5820-703-0


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 06/01/2021


Número de páginas: 195


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Fabiana Abi Rached de Almeida.

O livro Arte: uma Lavoura Arcaica traz uma proposta de leitura inédita, dentro da crítica literária, das obras Lavoura Arcaica, romance de Nassar (1975), em conjunto e a partir da óptica de sua tradução fílmica, LavourArcaica de Luiz Fernando Carvalho (2001), ressaltando o percurso do sensível trilhado pelo cineasta para que pudesse, assim, devolver ao espectador a força tímica necessária também para o leitor. A ideia é de que essas obras, feitas em dois momentos distintos e por dois suportes diferentes, complementam-se, podendo ser tomadas em conjunto, para fazer emergir uma única grande obra. A dimensão estética e temática de ambas, quando em diálogo entre si, abarcam a grandeza do conflito humano primordial em sua relação profunda com o desejo. Assim, essa grande Lavoura, enquanto arte, devolve ao mundo uma proposta de educação e conhecimento por meio do afeto. Para tanto, a autora desenvolve uma análise também engajada na sensibilidade, convocando recursos da própria Arte e da Psicanálise para construir seu método.