Atravessamentos Dançantes na Infância: Experiências Corporais, Sonoras e Visuais

Ref: 978-85-473-0446-1

A obra Atravessamentos dançantes na infância: experiências corporais, sonoras e visuais foi um encontro entre espaços formais e não formais da educação, que gerou um encantamento pela educação infantil e pelas questões da arte/cultura, desvelando possibilidades outras de aprendizagem na infância. 


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 54,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0446-1


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 205


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Mirtes Antunes Locatelli Strapazzon.

2. Karinna Alves Cargnin.

3. Silvia Sell Duarte Pillotto.

4. Daniela Cristina Viana.

A obra Atravessamentos dançantes na infância: experiências corporais, sonoras e visuais foi um encontro entre espaços formais e não formais da educação, que gerou um encantamento pela educação infantil e pelas questões da arte/cultura, desvelando possibilidades outras de aprendizagem na infância. Um livro que aborda a mediação cultural no espaço da educação infantil, articulada ao espaço museológico, envolvendo três linguagens/expressões artísticas: a dança, a música e as artes visuais. Por meio da ação compartilhada, lançamos nossos olhares para o universo da infância, habitando territórios que nos possibilitaram a experiência de ser e de estar — potência revelada em cada momento de aprendizagem com arte/cultura —, atravessando nossas bagagens históricas, sensoriais e afetivas. A quem interessa esta leitura? A todos que direta ou indiretamente convivem com crianças, mais especificamente aos professores, coordenadores e gestores que atuam na educação infantil, pois a leitura poderá trazer pistas importantes para as práticas educativas, tanto nos espaços formais como nos não formais e informais da educação. O livro pode interessar também aos professores de arte, aos pesquisadores, aos artistas e aos profissionais que atuam em museus, galerias e ONGs; enfim, a todos que pensam em uma educação crítica e sensível, que prima pelo afeto, pela autonomia e pela humanização. Que este livro dançante atravesse nosso ser e nos impulsione aos mais variados percursos — encontros inusitados com a dança, a música e as artes visuais. Encontros que possibilitem descobertas e inquietações — um universo recheado de sensibilidades. É o que desejamos para a educação!