Vigotski e a Avaliação da Aprendizagem Escolar

Ref: 978-65-5820-656-9

Avaliamos o tempo todo, e esse é um ato que circunscreve os seres humanos no contexto da genericidade. No entanto, existe uma distância de dimensões extremas entre a necessidade de avaliar como uma atividade humana e a avaliação proposta nas escolas, pois, enquanto a vida se apresenta sob condições idiossincráticas, a educação escolar, principal lócus de sistematização dos conhecimentos mais elaborados que a humanidade já produziu, ainda se mostra como uma prática científica incipiente no quesito avaliação daquilo o que é ensinado, como forma de superação de uma realidade obscura, rumo à apropriação de bens culturais na formação da consciência.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 22,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-656-9


ISBN Digital: 978-65-5820-657-6


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 02/02/2021


Número de páginas: 221


Encadernação: Brochura


Peso: 100 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Marasella del Cármen Silva Rodrigues Macedo .

Avaliamos o tempo todo, e esse é um ato que circunscreve os seres humanos no contexto da genericidade. No entanto, existe uma distância de dimensões extremas entre a necessidade de avaliar como uma atividade humana e a avaliação proposta nas escolas, pois, enquanto a vida se apresenta sob condições idiossincráticas, a educação escolar, principal lócus de sistematização dos conhecimentos mais elaborados que a humanidade já produziu, ainda se mostra como uma prática científica incipiente no quesito avaliação daquilo o que é ensinado, como forma de superação de uma realidade obscura, rumo à apropriação de bens culturais na formação da consciência.
Essa consciência é social e incorporada por apropriação, sendo as instituições educacionais responsáveis por analisar, organizar, sintetizar e transmitir os conhecimentos científicos que possibilitarão a compreensão do mundo, pelos indivíduos, e subsidiarão a sua existência, envolvendo a complexidade desse processo em contextos sociais e culturais adversos. No entanto, esse movimento prescinde à reflexão da prática social na sua essência, ação necessária para a superação dos limites impostos pelo plano das aparências, diante das contradições condicionantes das relações entre os homens. Vigotski e a avaliação da aprendizagem escolar é uma obra que pondera sobre essas e outras questões, auxiliando professores, gestores e pesquisadores a agenciarem análises acerca de como a escola atual conduz os seus alunos e demais envolvidos para a interpretação da própria condição humana.
Com bases epistemológicas calcadas na filosofia de Karl Marx, o livro promove reflexões sobre a avaliação da aprendizagem escolar em interface com a Psicologia Histórico-Cultural e com a Pedagogia Histórico-Crítica, a partir de aproximações com o método do materialismo histórico dialético, na intenção de contribuir para a formação de indivíduos capazes de avaliarem a própria conduta, promovendo sua inserção no gênero humano por meio da escola, mas, sobretudo, formando seres integrantes da coletividade e transcendendo as provas e exames descolados da realidade.
Para tanto, a autora analisa as formas de pensamento na História, encerrando na análise de documentos oficiais propostos pelo sistema brasileiro de ensino, e defende a avaliação totalizante como forma de aliar a atividade escolar à realidade vivida pelos seres humanos, em unidade dialética.