Cooperação no Desenvolvimento de Aeronaves Militares a Partir das Estruturas Regionais: Lições do F-104 e Tornado para a Unasul

Ref: 978-85-5507-915-3

No cenário internacional do pós Segunda Guerra Mundial, surgiram vários esforços de cooperação e integração regional em todo o mundo. Alguns tiveram maior avanço na integração, como a União Europeia.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-5507-915-3


Edição:


Ano da edição: 2019


Data de publicação: 24/09/2019


Número de páginas: 309


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Anderson Matos Teixeira.

No cenário internacional do pós Segunda Guerra Mundial, surgiram vários esforços de cooperação e integração regional em todo o mundo. Alguns tiveram maior avanço na integração, como a União Europeia. Mas o ponto é que, os esforços que mais avançaram possuíam uma agenda de segurança e cooperação em defesa, além do econômico. Este livro é resultado de uma pesquisa que tem como objetivo, compreender como os arranjos cooperativos em material aeronáutico de defesa podem influenciar na integração regional e extrair inferências aplicáveis à Unasul. Pensamos que a cooperação no desenvolvimento de material aeronáutico militar, a partir da criação de uma cadeia produtiva regionalizada tem a capacidade de contribuir para uma melhor relação entre os membros da UNASUL, superando os entraves e visões distorcidas que dificultam o processo de integração regional. Para isso, a pesquisa se estruturará entorno da Política Comparada, apoiado por outras correntes teóricas das Relações Internacionais. No caso, iremos analisar as lições que podem ser aprendidas com o desenvolvimento dos programas europeus, com os caças F-104 e Panavia Tornado, e como elas podem ser aplicadas no caso da UNASUL.