Musicalidade Crítica: Fundamentos para uma Educação Musical Pautada na Pedagogia Crítica de Paulo Freire

Ref: 978-65-5820-498-5

Será possível ensinar e aprender música numa escola pública brasileira da mesma forma como os músicos populares aprendem – sem professor, escolhendo as músicas que querem aprender, tirando músicas de ouvido e aprendendo em grupos de amigos? O livro Musicalidade Crítica: Fundamentos para uma Educação Musical pautada na Pedagogia Crítica de Paulo Freire visa unir a Educação Musical ao pensamento freiriano de educação.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 23,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-5820-498-5


ISBN Digital: 978-65-5820-527-2


Edição:


Ano da edição: 2020


Data de publicação: 16/03/2021


Número de páginas: 233


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Alan Caldas Simões.

Será possível ensinar e aprender música numa escola pública brasileira da mesma forma como os músicos populares aprendem – sem professor, escolhendo as músicas que querem aprender, tirando músicas de ouvido e aprendendo em grupos de amigos? O livro Musicalidade Crítica: Fundamentos para uma Educação Musical pautada na Pedagogia Crítica de Paulo Freire visa unir a Educação Musical ao pensamento freiriano de educação. A Musicalidade Crítica representa a ampliação de consciência acerca dos significados musicais presentes na experiência musical, inseridos em um amplo processo de conscientização sobre o mundo a partir do objeto música. Tal conexão se estabelece por meio da associação das práticas informais de aprendizagem musical na escola a um processo de conscientização musical crítico fundamentados na Sociologia da Música, especialmente na Teoria dos Significados Musicais de Lucy Green. Pensando nisso, desenvolvi uma ampla pesquisa bibliográfica associada a experiências pedagógicas em sala de aula que determinaram “Parâmetros para análise dos comportamentos docentes e discentes em práticas informais de aprendizagem musical na escola”. Tal modelo descreve a relação dicotômica entre as categorias Autoridade e Autoritarismo; Liberdade e Licenciosidade, representando a união entre a Educação Musical e algumas das principais categorias freirianas associadas à conscientização no ambiente escolar. Esse modelo sugere a necessidade de superação do habitus escolar, herança da Educação Bancária que permeia a formação da escola brasileira, para alcançarmos o estado potencial de Musicalidade Crítica. A presente obra é destinada a pesquisadores, educadores musicais e professores de música interessados na aplicação das práticas informais de aprendizagem musical na escola. Este livro oferece reflexões e fundamentações teóricas que ampliarão a visão do leitor acerca do que é a Educação Musical inserida em uma perspectiva crítica freiriana de educação, em que educar não é apenas formar, mas, acima de tudo, humanizar.