Pesquisas em Assentamentos do MST em Santa Catarina Desafios na Produção de Conhecimento de Professores Militantes

Ref: 978-65-250-0067-1

Pesquisas em assentamentos do MST em Santa Catarina: desafios na produção de conhecimento de professores militantes é resultado de inúmeros diálogos entre pesquisadoras e pesquisadores das áreas de assentamento do MST no Estado de Santa Catarina.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 27,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-0067-1


ISBN Digital: 978-65-250-0066-4


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 02/03/2021


Número de páginas: 325


Encadernação: Brochura


Peso: 120 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Camila Munarini.

2. Edilaine Aparecida Vieira.

3. Elodir Lourenço de Souza.

4. Fabiana Fatima Cherobin.

5. Francieli Fabris.

6. Raquel Forchesatto.

7. Roseli Borowicc.

Pesquisas em assentamentos do MST em Santa Catarina: desafios na produção de conhecimento de professores militantes é resultado de inúmeros diálogos entre pesquisadoras e pesquisadores das áreas de assentamento do MST no Estado de Santa Catarina. As pesquisas, que se traduziram nos capítulos deste livro, fazem parte de estudos desenvolvidos em programas de pós-graduação, mestrados e doutorados, em diversas universidades públicas. Cada autora e autor buscou sistematizar sua trajetória de pesquisa, sua relação com os objetos de estudos, bem como as vivências experimentadas nessas áreas. Pensar a produção de conhecimento na atualidade se apresenta como um desafio, principalmente quando se busca dialogar sobre a realidade de sujeitos que historicamente foram silenciados. Por isso, a experiência de elaboração e publicação deste livro apresenta-se como um marco fundamental para pesquisas e estudos sobre processos educacionais que vêm sendo desenvolvidos no MST no Estado de Santa Catarina. A diversidade de trabalhos publicados neste livro indica um panorama amplo dos avanços e conquistas que foram sendo realizados por meio da luta e da organização das famílias e do MST. O estudo e a pesquisa, além de uma necessidade para a quebra de paradigmas e estereótipos construídos sobre os Movimentos Sociais, em especial o MST, apresentam-se como um campo de luta, de reconhecimento e de resistência, tanto para Educação do Campo quanto para a educação pública, laica e gratuita.