Cuidados Intensivos no Pós Operatório de Crianças com Cardiopatias Congênitas: Percepção dos Profissionais de Enfermagem

Ref: 978-65-250-0267-5

O livro aqui intitulado Cuidados intensivos no pós-operatório de crianças com cardiopatias congênitas: percepção dos profissionais de enfermagem idealiza o sonho de um grupo de amigos e profissionais de saúde atuantes na assistência e docência em saúde. Traz um olhar para a equipe de saúde, em especial “a enfermagem”, para a percepção de cuidados, procedimentos e relações complexos dentro de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica de um hospital de médio porte.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 42,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-0267-5


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 16/04/2021


Número de páginas: 77


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Alef França Freitas.

2. Maria Inês Lemos Coelho Ribeiro.

3. Marilene Elvira de Faria Oliveira.

4. Monise Martins da Silva.

O livro aqui intitulado Cuidados intensivos no pós-operatório de crianças com cardiopatias congênitas: percepção dos profissionais de enfermagem idealiza o sonho de um grupo de amigos e profissionais de saúde atuantes na assistência e docência em saúde. Traz um olhar para a equipe de saúde, em especial “a enfermagem”, para a percepção de cuidados, procedimentos e relações complexos dentro de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica de um hospital de médio porte. A enfermagem é uma profissão comprometida com a vida, a morte e o cuidado desde a concepção até o post mortem, preparada e capacitada para trabalhar com os diversos ciclos da vida, com conhecimento, segurança, humanização, técnica e ética, em locais com recursos escassos ou até mesmo ausentes, tendo a maestria de cuidar com o básico, com o efêmero e o complexo. Os profissionais da enfermagem constroem seu tempo com cargas horárias extensas e cansativas em dupla ou tripla jornadas. Mas quando questionados sobre seu conhecimento e/ou conduta, quase todos afirmam que é necessário adquirir mais conhecimentos, atualizar-se, capacitar-se. Enfim, como fênix, são capazes de ressurgir e de se recompor diante das necessidades pessoais e profissionais, diante do nascimento, da doença e da morte. Levantam-se quantas vezes forem necessárias, após as frustrações, as desvalorizações, e as iniquidades de classe e trabalhistas. Mas vibram, crescem, irradiam e agradecem com o sucesso do tratamento e a recuperação dos seus pacientes/clientes. Renascem e transformam seu ambiente, para que o leito frio de um hospital, especificamente da UTI, seja regado pelo calor humano dos profissionais de enfermagem que fazem vigília 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias no ano, nas quatro estações! No tocante às cardiopatias congênitas, cujo tratamento definitivo é a cirurgia cardíaca precoce, propomos a leitura desta obra com o objetivo de aprimorar os conhecimentos e despertar o interesse pelo tema para novas pesquisas que alicercem o trabalho da enfermagem nos cuidados pós-operatórios cirúrgicos de cardiopatias congênitas nos primeiros dias e/ou meses de vida.