Múltiplos Olhares sobre o Cotidiano: Percepções sobre Arte, Literatura e História em o Retrato do Rei

Ref: 978-65-250-0523-2

Múltiplos olhares sobre o cotidiano - Percepções sobre arte, literatura e história em O retrato do rei é uma reflexão sobre a literatura na história, utilizando como ponte referências metapicturais das mais diversas expressões artísticas. Partindo da análise do romance O retrato do rei, de Ana Miranda, ela desenvolve-se através de três eixos principais: a construção metaficcional de seu enredo, a utilização de referências metapicturais no contexto narrativo e a possibilidade de ressignificação dos temas abordados, multiplicando seus significados e ampliando os sentidos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-0523-2


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 04/06/2021


Número de páginas: 119


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Cristina Reis Maia.

Múltiplos olhares sobre o cotidiano - Percepções sobre arte, literatura e história em O retrato do rei é uma reflexão sobre a literatura na história, utilizando como ponte referências metapicturais das mais diversas expressões artísticas. Partindo da análise do romance O retrato do rei, de Ana Miranda, ela desenvolve-se através de três eixos principais: a construção metaficcional de seu enredo, a utilização de referências metapicturais no contexto narrativo e a possibilidade de ressignificação dos temas abordados, multiplicando seus significados e ampliando os sentidos. Nessa linha, a descrição de imagens e acontecimentos – oficialmente registrados ou meramente ficcionalizados a partir da concepção criativa do autor – dialoga com diferentes disciplinas, incitando a imaginação e suscitando subjetividades. Esse mergulho nas fronteiras interdisciplinares da produção textual transpõe e incorpora conceitos, estimulando a percepção do leitor e a problematização de eventos passados diante das eventuais possibilidades interpretativas.