“Sobrou o Apoio!”: Desencontros na Construção da Profissionalidade das Professoras de Apoio

Ref: 978-65-250-1179-0

No cotidiano dos espaços escolares, as professoras de apoio têm encontrado um ambiente influenciado por vários fatores de ordem política, relacional, subjetiva e, inclusive, material. Estes têm dificultado que a reflexão sobre sua profissionalidade ocorra, impossibilitando que essa solidifique-se em descritores que possam instrumentalizá-las para intervir positivamente na demanda para a qual são chamadas a responder: a tão importante tarefa da inclusão nas escolas regulares.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 55,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1179-0


ISBN Digital: 978-65-250-1195-0


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 15/07/2021


Número de páginas: 203


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Márcio Boaventura Jr.

No cotidiano dos espaços escolares, as professoras de apoio têm encontrado um ambiente influenciado por vários fatores de ordem política, relacional, subjetiva e, inclusive, material. Estes têm dificultado que a reflexão sobre sua profissionalidade ocorra, impossibilitando que essa solidifique-se em descritores que possam instrumentalizá-las para intervir positivamente na demanda para a qual são chamadas a responder: a tão importante tarefa da inclusão nas escolas regulares.
Este livro foi escrito a partir de uma escuta interessada nos relatos vindos das professoras de apoio sobre o caráter ímpar de sua função. Assim como o fato de que o lugar ocupado por elas parece constituir-se numa zona nebulosa no interior das escolas, gerando mal-estar tanto aos sujeitos que exercem essa função, quanto àqueles que trabalham diretamente associados a elas.
Olhar para as nuances que compõem o cotidiano dessas docentes é buscar desnudar e compreender quais posicionamentos, conflitos e possíveis saídas elas vêm construindo para lidar com as contingências do seu trabalho e como as relações de gestão do eu, do outro e da profissão têm se construído dentro dos muros da escola.