Inclusão da Mulher com Deficiência Intelectual no Mercado de Trabalho: Acesso e Permanência

Ref: 978-85-473-4372-9

Este livro tem por objetivo analisar o acesso e a permanência das mulheres com deficiência intelectual, egressas do Centro de Ensino de Educação Especial Helena Antipoff, no mercado de trabalho em São Luís.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 18,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-4372-9


ISBN Digital: 978-85-473-4373-6


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 20/07/2021


Número de páginas: 145


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Gilsene Daura da Silva Barros.

Este livro tem por objetivo analisar o acesso e a permanência das mulheres com deficiência intelectual, egressas do Centro de Ensino de Educação Especial Helena Antipoff, no mercado de trabalho em São Luís.
O Centro de Ensino de Educação Especial Helena Antipoff tem buscado oferecer, por meio da atuação da equipe multiprofissional e da parceria com o sistema “S”, o processo de formação profissional, visto ser mediante o atendimento desse grupo que se procede ao encaminhamento à sala de formação para o trabalho, onde as alunas com DI serão treinadas, qualificadas e posteriormente inseridas no mercado de trabalho.
Em suma, deve-se rever as concepções que se têm em torno do deficiente intelectual, alargando a visão das pessoas que fazem parte desse mundo, a fim de que passem por uma transformação, mudança de postura, de pensamento e ação. Pois como se pôde constatar, a admissão no mercado de trabalho dessas pessoas, especificamente da mulher com deficiência, constitui-se uma etapa importante no processo de inclusão.
Porém acredita-se que, com a efetivação de políticas públicas em torno dessa problemática, a realidade poderá mudar e diminuir consideravelmente o quadro de exclusão, ao se oportunizarem momentos de grandes desafios e conquistas, o que perpassa pelo contexto educacional até a formação profissional para o mercado de trabalho. Há, pois, que se respeitarem as especificidades humanas promovendo o seu crescimento pessoal e a participação plena na sociedade.