Surdez, Cognição e Matemática: Psicopedagogia, Educação Especial e Inclusão

Ref: 978-65-250-1122-6

O livro Surdez, Cognição e Matemática procura fazer uma análise teórica das investigações sobre os processos de ensino-aprendizagem de conteúdos matemáticos associados ao raciocínio lógico e à resolução de problemas por parte do estudante surdo, utilizando a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em termos gerais, analisa-se de que maneira os processos cognitivos (raciocínio e resolução de problemas em matemática) são estimulados e como eles são desenvolvidos pelos docentes durante a atividade interativa com estudantes surdos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 47,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 16,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1122-6


ISBN Digital: 978-65-250-1116-5


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 24/09/2021


Número de páginas: 93


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Mariê Augusta de Souza Pinto.

2. Maildson Araújo Fonseca.

O livro Surdez, Cognição e Matemática procura fazer uma análise teórica das investigações sobre os processos de ensino-aprendizagem de conteúdos matemáticos associados ao raciocínio lógico e à resolução de problemas por parte do estudante surdo, utilizando a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em termos gerais, analisa-se de que maneira os processos cognitivos (raciocínio e resolução de problemas em matemática) são estimulados e como eles são desenvolvidos pelos docentes durante a atividade interativa com estudantes surdos. A pesquisa de caráter qualitativo que deu origem a este livro envolveu 10 (dez) estudantes surdos da escola especializada em Educação de Surdos, em Parintins (AM), utilizando como instrumento didático provocador a criação e implementação didática de uma tabuada intitulada Minha Tabuada em Libras, que tem como intenção favorecer e potencializá-la como suporte para que educadores desenvolvam outros mecanismos que viabilizem ainda mais a aprendizagem desses estudantes. Nesse percurso, aplicou-se o pré e pós-teste para fundamentar o objetivo da pesquisa, e ao mesmo tempo, comprovar se a aprendizagem dos estudantes em questão acontece nos mesmos níveis do estudante ouvinte. A pesquisa resolve o problema científico embasado em: “como se dá a aprendizagem de conteúdos matemáticos associados ao raciocínio lógico e à resolução de problemas do estudante surdo utilizando a Libras?”. O referencial teórico que permite a elaboração do marco teórico para estruturar a pesquisa apresenta em primeiro lugar as ideias de Sternberg (2010) em relação aos processos cognitivos, língua, linguagem, língua de sinais e outros. Também é importante destacar os trabalhos de Gesser (2009), Chomsky (1975), Laborrit (1994) etc. São utilizados também materiais concretos que servem de aportes facilitadores à aprendizagem do estudante surdo, em especial, a Língua Brasileira de Sinais (Libras), necessária nos processos de comunicação, interação e desenvolvimento dos não ouvintes.