A Aritmética Elementar de Peirce: Tradução e Comentários

Ref: 978-65-250-1504-0

Duas partes compõem este livro. Na primeira delas, está apresentada a tradução integral do que chamamos de Aritmética Elementar, uma série de manuscritos de Charles Sanders Peirce nunca publicada pelo autor. A segunda parte é composta por um texto que traz elementos para uma hermenêutica desses manuscritos.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 58,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1504-0


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 28/10/2021


Número de páginas: 211


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Leandro Josué de Souza.

2. Antonio Vicente Marafioti Garnica.

Duas partes compõem este livro. Na primeira delas, está apresentada a tradução integral do que chamamos de Aritmética Elementar, uma série de manuscritos de Charles Sanders Peirce nunca publicada pelo autor. A segunda parte é composta por um texto que traz elementos para uma hermenêutica desses manuscritos.

A tradução desses cinco textos de Peirce teve como base o The New Elements of Mathematics by Charles S. Peirce, editado por Carolyn Eisele em 1976, uma compilação em quatro volumes que ainda hoje é fonte obrigatória sobre a produção matemática desse autor. Os textos traduzidos são o Manuscrito 189 (MS 189) – Aritmética Elementar de Lydia Peirce –; os MS 181 e 182 – Aritmética Elementar (com sugestões para professores) –; parte do MS 179 – Aritmética Elementar de Peirce (Sobre o Método Psicológico) –; o MS 178 – Aritmética Elementar de C. S. Peirce: suas principais características –; e o MS 168 – Aritmética Prática.

O texto que compõe a segunda parte traz considerações panorâmicas sobre os manuscritos e foi elaborada tendo a tradução como base. Nele há algumas chaves para uma hermenêutica desses escritos peirceanos: são apresentadas considerações sobre a natureza dos originais, sua história, bem como um panorama dos Estados Unidos e, particularmente, da educação americana no fim do século XIX. Alguns dados biográficos do autor – julgados importantes para compreender esse conjunto de manuscritos – também foram incorporados a essa segunda parte, bem como considerações mais específicas e pormenorizadas sobre a tradução e uma breve síntese de cada um dos manuscritos. As partes I e II são, porém, independentes, visto que todos os comentários da segunda parte trazem, ainda que resumidamente, as citações texuais das quais esses comentários decorrem.