Transdisciplinaridade da Psicologia em Educação

Ref: 978-65-250-1574-3

O livro intitulado Transdisciplinaridade da Psicologia em Educação foi escrito na cidade do Uíge, no ano de 2021, pelos autores Mafuamau Álvaro, Mónica Manuel e Simão Pedro Panda. A obra constitui uma gama de conteúdos de vários domínios psicológicos para a formação multifacetada do homem. Eles abordam um breve historial da Psicologia Pedagógica, partindo do pressuposto de que, em 1879, surgiu o primeiro laboratório de Psicologia Científica na Alemanha pelo Wundt, seguidamente, o segundo laboratório em Beaunis, na França, em 1889. Essas abordagens levaram a debates na forma de tratamento do comportamento. Por isso, em 1903, surge a Psicologia de Educação pela primeira vez como conhecimento científico por Edward Lee Thorndike. Com base nas teorias defendidas nessas situações, ocorreu o aparecimento da Psicologia Pedagógica pela primeira vez no ano de 1926 por Lev Seminovisky Vigotsky.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 47,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1574-3


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 09/11/2021


Número de páginas: 137


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Mafuamau Álvaro.

2. Mónica Piedosa António Manuel.

3. Simão Pedro Panda.

O livro intitulado Transdisciplinaridade da Psicologia em Educação foi escrito na cidade do Uíge, no ano de 2021, pelos autores Mafuamau Álvaro, Mónica Manuel e Simão Pedro Panda. A obra constitui uma gama de conteúdos de vários domínios psicológicos para a formação multifacetada do homem.

Eles abordam um breve historial da Psicologia Pedagógica, partindo do pressuposto de que, em 1879, surgiu o primeiro laboratório de Psicologia Científica na Alemanha pelo Wundt, seguidamente, o segundo laboratório em Beaunis, na França, em 1889. Essas abordagens levaram a debates na forma de tratamento do comportamento. Por isso, em 1903, surge a Psicologia de Educação pela primeira vez como conhecimento científico por Edward Lee Thorndike. Com base nas teorias defendidas nessas situações, ocorreu o aparecimento da Psicologia Pedagógica pela primeira vez no ano de 1926 por Lev Seminovisky Vigotsky.

Os autores compuseram a obra em nove secções capitulares. A primeira, “Fundamentos iniciais”, faz abordagens conceituais da Psicologia Pedagógica; a segunda, os “Métodos de ensino e aprendizagem”. A terceira “Aprendizagem” destaca as dificuldades de aprendizagem e algumas teorias como integracionistas de Piaget e Vigotsky, os condicionamentos de Skinner, a teoria humanista de Wallon (1998), a didáctica autogestora de Rogers, e Aprendizagem significativa de Ausubel. A quarta secção designa-se “Caminho dialéctico do conhecimento”. A secção seguinte aborda forças propulsivas no ensino. A sexta secção, relação entre a escola e outras forças sociais da educação. A sétimna secção trata da avaliação psicopedagógica, sendo processo de fortificação das aprendizagens. A penúltima secção capitular aborda o estudo da “planificação como plataforma educacional” com enfoque nos critérios e elementos da planificação. E, finalmente, o último capítulo intitulado “Os marcos teóricos da Psicologia Diferencial”, com sustento nos objectos de estudo, conteúdos, métodos e com realce também na influência da hereditariedade e nas diferenças individuais.

As pesquisas deste árduo trabalho visam fornecer aos profissionais de educação ferramentas essenciais para o conhecimento dos educandos, assim como facilitar o processo de preparação e de aplicação psicopedagógica dos conhecimentos, enquanto agentes do desenvolvimento sociopolítico, científico e da moralização da sociedade em geral.