O Início da Era Dourada na Ciência e na Religião: Desmistificando os Aparentes Paradoxos entre Religião e Ciência para Explicar Deus, Vida e Matéria

Ref: 978-65-250-1787-7

Criacionismo x evolucionismo, religião x ciência, judeus x cristãos x muçulmanos, crentes x agnósticos, Oriente x Ocidente, rico x pobre, branco x preto, homem x mulher, conservadorismo x progresso. Parece que nossa sociedade está sempre em conflito e nunca iremos nos entender. Nossos interesses são tão diferentes assim ou, no fundo, todo ser humano quer as mesmas coisas?


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 77,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-1787-7


Edição:


Ano da edição: 2021


Data de publicação: 13/01/2022


Número de páginas: 239


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Satyaraja Dasanudasah.

Criacionismo x evolucionismo, religião x ciência, judeus x cristãos x muçulmanos, crentes x agnósticos, Oriente x Ocidente, rico x pobre, branco x preto, homem x mulher, conservadorismo x progresso. Parece que nossa sociedade está sempre em conflito e nunca iremos nos entender. Nossos interesses são tão diferentes assim ou, no fundo, todo ser humano quer as mesmas coisas?
Em O início da Era Dourada na ciência e na religião: desmistificando os aparentes paradoxos entre religião e ciência para explicar Deus, vida e matéria, o autor demonstra, com uma linguagem simples e acessível, utilizando-se de elementos da lógica, da física e dos textos sagrados, que não existem divergências reais entre as diferentes religiões entre si e entre elas e a ciência moderna.
Perguntas como: “o que somos?”, “de onde viemos?”, “para onde vamos?”, “o que/quem é Deus?”, “existe vida pós-morte?”, “o que é matéria?”, “o que é espírito?”, são respondidas por meio dos mesmos aforismos que são usados por ciência e religião para se contraporem uns aos outros, mas o autor os utiliza para fazer o inverso, unindo ciência e religião, que nunca deveriam ter sido separados.
Após explicar Deus e a vida, o universo e a matéria, o autor passa a analisar a humanidade e seus ciclos históricos, explicando como chegamos até aqui e descrevendo o que seria a Nova Era Dourada de forma técnica e objetiva, sem sectarismos. Uma mensagem destinada a todos os interessados pelo tema, independentemente de crença ou escolaridade.