Saraus nas Periferias: Insurgência (Po)Ética nas Tramas Afetivas do Território

Ref: 978-65-250-2313-7

Quem são as pessoas que produzem literatura brasileira hoje? Que vozes poéticas ecoam de ruas, becos e vielas? De quais caminhos emerge a cena cultural dos saraus nas periferias? Quem são as pessoas que estão colocando as poesias nas calçadas? Com base em uma imersão na cena dos saraus nas periferias, a autora apresenta nesta obra a potência da produção artística e cultural dos/nos territórios periféricos, destacando a inventividade de tais criações.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 70,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 31,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-2313-7


ISBN Digital: 978-65-250-2314-4


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 07/03/2022


Número de páginas: 200


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Tatiana Minchoni.

Quem são as pessoas que produzem literatura brasileira hoje? Que vozes poéticas ecoam de ruas, becos e vielas? De quais caminhos emerge a cena cultural dos saraus nas periferias? Quem são as pessoas que estão colocando as poesias nas calçadas? Com base em uma imersão na cena dos saraus nas periferias, a autora apresenta nesta obra a potência da produção artística e cultural dos/nos territórios periféricos, destacando a inventividade de tais criações. Desde uma perspectiva de dentro, de quem vive e partilha os afetos provocados pelos encontros nos/com saraus, partilha com leitores/as uma narrativa construída por meio do exercício da poética do conhecimento, na qual as produções discursivas das pessoas dos saraus, as poesias, as músicas, as fotografias, os mapas e os referenciais teóricos são articulados horizontalmente, sem estabelecer hierarquias entre as distintas formas de produção de saberes. Esta obra destina-se a quem tenha interesse na cena literária contemporânea, na articulação entre experiência estética e transformação social, entre psicologia e artes, na insurgência (po)ética e afetiva dos povos de territórios periféricos.