Construtivismo em Alfabetização: Implementação e Consolidação desse Referencial Teórico na Rede Municipal de Ensino de São Paulo (1985-1996)

Ref: 978-65-250-2288-8

Mediante ampla pesquisa documental, em um trabalho quase arqueológico de levantamento de fontes, este livro retoma os mecanismos utilizados para a disseminação, via política curricular, de prescrições de ensino relativas ao construtivismo em alfabetização durante quatro governos municipais, demonstrando como essa teoria foi apropriada e ressignificada na convergência e na disputa com outras proposições teóricas.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 23,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-2288-8


ISBN Digital: 978-65-250-2287-1


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 21/03/2022


Número de páginas: 198


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Diego Benjamim Neves.

Mediante ampla pesquisa documental, em um trabalho quase arqueológico de levantamento de fontes, este livro retoma os mecanismos utilizados para a disseminação, via política curricular, de prescrições de ensino relativas ao construtivismo em alfabetização durante quatro governos municipais, demonstrando como essa teoria foi apropriada e ressignificada na convergência e na disputa com outras proposições teóricas. Como resultado desse investimento, pode-se compreender o processo pelo qual o pensamento de Ferreiro e Teberosky foi sendo incorporado ao discurso oficial da rede municipal de ensino de São Paulo, em um movimento de ecletismo didático-pedagógico, marcado pela incorporação de conceitos e práticas externas ao construtivismo, como sendo parte de seu discurso.