Psicologia Social e Política de Assistência Social: Territórios, Sujeitos e Inquietações

Ref: 978-65-250-1103-5

A obra Psicologia social e política de assistência social: territórios, sujeitos e inquietações é uma coletânea nacional, com a participação de pesquisadoras e pesquisadores de várias Universidades brasileiras. O conceito de território é investigado, mapeado e toma como parâmetro a centralidade que assume na Política Nacional de Assistência Social (PNAS) e no Sistema Único de Assistência Social (Suas), bem como a produção de sujeitos por meio das normatizações e normalizações no campo da Assistência Social. Além disso, o livro traça reflexões e inquietações sobre os desafios da acolhida da Psicologia em práticas cotidianas nos espaços socioassistenciais, o ordenamento da política de assistência diante das diversidades e desigualdades sociais, econômicas, culturais, históricas e regionais no Brasil.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 62,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 27,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-1103-5


ISBN Digital: 978-65-250-1102-8


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 19/03/2022


Número de páginas: 285


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Flávia Cristina Silveira Lemos.

A obra Psicologia social e política de assistência social: territórios, sujeitos e inquietações é uma coletânea nacional, com a participação de pesquisadoras e pesquisadores de várias Universidades brasileiras. O conceito de território é investigado, mapeado e toma como parâmetro a centralidade que assume na Política Nacional de Assistência Social (PNAS) e no Sistema Único de Assistência Social (Suas), bem como a produção de sujeitos por meio das normatizações e normalizações no campo da Assistência Social. Além disso, o livro traça reflexões e inquietações sobre os desafios da acolhida da Psicologia em práticas cotidianas nos espaços socioassistenciais, o ordenamento da política de assistência diante das diversidades e desigualdades sociais, econômicas, culturais, históricas e regionais no Brasil.

O olhar transdisciplinar que é caro à Psicologia Social ajuda-nos a refletir sobre a construção dos sujeitos no Sistema Único da Assistência Social (Suas) de forma histórica, também balizada por classe, gênero e raça, elementos indispensáveis na possibilidade de um fazer ético e político, como pauta o próprio Código de Ética da/o Profissional da Psicologia (2005).

São diálogos que indagam sobre as proteções sociais do Suas, adentrando serviços específicos, desde o acolhimento que pode configurar uma “(po)ética”, que pode se estender por todos os serviços existentes no Suas, que passa pelos territórios de populações tradicionais quilombolas, medidas socioeducativas, Psicologia no Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), assim como atravessamentos como a judicialização, os racismos, a lógica familiarista, dentre outros. Esta coletânea é feita de mãos, resistências e provocações, são desafios do passado que se reiteram no contemporâneo.