A Função do Vínculo no Trabalho com Trauma

Ref: 978-65-250-2507-0

O livro A função do vínculo no trabalho com trauma lança um olhar profundo e elucidativo sobre o vínculo como o elemento fundamental para o trabalho com trauma. Defender, como pesquisa, que o vínculo é um fator determinante para o processo psicoterapêutico bem-sucedido com essa temática de trauma, coloca a função de presença e entrega do terapeuta em um lugar para além da técnica, um lugar mais orientado ao que ele mesmo, o terapeuta, está disposto a se qualificar como indivíduo. Também convoca a uma reflexão mais aprofundada da função do vínculo dentro do processo psicoterapêutico e como utilizá-lo.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 38,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 17,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-2507-0


ISBN Digital: 978-65-250-2508-7


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 06/04/2022


Número de páginas: 111


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Cecília Lauriano Malavazi.

O livro A função do vínculo no trabalho com trauma lança um olhar profundo e elucidativo sobre o vínculo como o elemento fundamental para o trabalho com trauma. Defender, como pesquisa, que o vínculo é um fator determinante para o processo psicoterapêutico bem-sucedido com essa temática de trauma, coloca a função de presença e entrega do terapeuta em um lugar para além da técnica, um lugar mais orientado ao que ele mesmo, o terapeuta, está disposto a se qualificar como indivíduo. Também convoca a uma reflexão mais aprofundada da função do vínculo dentro do processo psicoterapêutico e como utilizá-lo.
Viver uma experiência traumática e ficar traumatizado são processos misteriosos para muitos, mesmo para profissionais da área, e, na maior parte das vezes, oferece-se ao tempo e ao esquecimento a tarefa de cura ou ressignificação das feridas provocadas por eventos desafiantes da vida. No entanto, não necessariamente é o que ocorre ou ocorrerá.
Muitos estudos, abordagens e técnicas foram feitos e desenvolvidos ao longo do tempo com o intuito de sanar essas feridas da alma, feridas essas provocadas por eventos que nos quebram por dentro e que não aparecem aos olhos. Porém, pouco se olha para os elementos necessários ou fundamentais que possibilitem que essas abordagens e/ou técnicas alcancem os resultados esperados.
A autora olhou para os bastidores do processo psicoterapêutico, olhou não apenas para as técnicas ou abordagens, mas também para a função relacional presente no processo e percebeu que, quando o profissional consegue oferecer um vínculo seguro e presente em seu atendimento, terá, em suas mãos, uma das principais chaves de transformação que aqueles que sofrem os danos da traumatização procuram.
Saber o que é e como manusear o vínculo terapêutico seguro, dentro do trabalho psicoterapêutico, parece ser, então, a matéria de base para todo profissional que deseja incluir, em sua atuação, o trabalho com trauma e traumatização.