Mediação da Aprendizagem e Educação Matemática

Ref: 978-65-250-2570-4

Repensar a aprendizagem matemática e a mediação pedagógica, a partir da perspectiva de que todos aprendem matemática dentro e fora da escola, é o eixo central desta obra que apresenta diferentes perspectivas do fazer matemática de nossas crianças e professores dos anos iniciais. A qualificação dos processos de aprendizagens matemáticas escolares é concretizada quando o conhecimento matemático não é assumido mais como objeto rígido e inflexível, mas como uma construção complexa e humana, plena de possibilidades que testemunham a diversidade dos processos do aprender matemática.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 52,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-65-250-2570-4


ISBN Digital: 978-65-250-2570-4


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 11/04/2022


Número de páginas: 200


Encadernação: Brochura


Peso: 2 gramas


Largura: 2 cm


Comprimento: 2 cm


Altura: 2 cm


1. Cristiano Alberto Muniz.

Repensar a aprendizagem matemática e a mediação pedagógica, a partir da perspectiva de que todos aprendem matemática dentro e fora da escola, é o eixo central desta obra que apresenta diferentes perspectivas do fazer matemática de nossas crianças e professores dos anos iniciais. A qualificação dos processos de aprendizagens matemáticas escolares é concretizada quando o conhecimento matemático não é assumido mais como objeto rígido e inflexível, mas como uma construção complexa e humana, plena de possibilidades que testemunham a diversidade dos processos do aprender matemática. Os capítulos apresentam desde a possibilidade da discussão da criatividade matemática nas crianças, os papéis das reflexões dos erros das crianças, enquanto alicerce dos processos metacognitivos, até os desafios de uma reeducação dos professores para assumirem novas possibilidades da matemática no currículo como motor propulsor do desenvolvimento humano.