Sugât: Ressignificações de Si e do Mundo

Ref: 978-65-250-2565-0

Este livro, denominado Sugât: ressignificações de si e do mundo, é fruto da experiência da autora Gisele Melles, como psicanalista e estudiosa dos objetos na cultura contemporânea. Em pesquisa de campo inédita, a autora considera que os objetos novos, ou mesmo aqueles que perderam seu significado, também denominados sucatas, exercem influência na subjetividade dos indivíduos, no seu modo de articulação com o ambiente e na sua conduta em diferentes aspectos de cotidiano.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 49,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-2565-0


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 05/04/2022


Número de páginas: 115


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 16 cm


Comprimento: 23 cm


Altura: 2 cm


1. Gisele Melles.

Este livro, denominado Sugât: ressignificações de si e do mundo, é fruto da experiência da autora Gisele Melles, como psicanalista e estudiosa dos objetos na cultura contemporânea. Em pesquisa de campo inédita, a autora considera que os objetos novos, ou mesmo aqueles que perderam seu significado, também denominados sucatas, exercem influência na subjetividade dos indivíduos, no seu modo de articulação com o ambiente e na sua conduta em diferentes aspectos de cotidiano.
Coloca em discussão relevantes conteúdos sobre o mundo contemporâneo, como o consumo exacerbado de bens, o acúmulo de lixo ou material descartável (ou de objetos que perderam o seu significado) e o pouco espaço para a livre expressão da criança nas atividades educativas, a ressignificação da sucata, entre outros. Esta complexa análise tem como fonte teórica a Psicanálise, a Filosofia e a Sociologia.
O leitor encontrará neste livro um texto claro, conciso, baseado em literatura transdisciplinar atualizada, articulada com grande originalidade, não só por considerar a sucata como objeto de estudo, mas principalmente pelo ineditismo de tomar a sucata como um método de pesquisa que, além de reproduzir a realidade, transforma essa mesma realidade.