As Cartas de Armando: Uma História de Amor e Autoconhecimento

Ref: 978-65-250-2316-8

O que é o amor? Quem é o outro em um relacionamento? O que é ser homem ou mulher? O que significa reencontro? Por que estou aqui? Quem sou eu? Perguntas que parecem ser corriqueiras e que possuem, de certa forma, soluções prontas, fornecidas pelos costumes sociais e culturais.No entanto, as respostas tradicionais não servem mais como guia para o nosso caminho nesta existência. Essas explicações não nos preenchem interiormente, não têm trazido amor, harmonia e felicidade na jornada dos seres humanos e nos cuidados com o planeta Terra.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 42,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-65-250-2316-8


Edição:


Ano da edição: 2022


Data de publicação: 14/04/2022


Número de páginas: 84


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Chirlei Viana.

O que é o amor? Quem é o outro em um relacionamento? O que é ser homem ou mulher? O que significa reencontro? Por que estou aqui? Quem sou eu?
Perguntas que parecem ser corriqueiras e que possuem, de certa forma, soluções prontas, fornecidas pelos costumes sociais e culturais.
No entanto, as respostas tradicionais não servem mais como guia para o nosso caminho nesta existência. Essas explicações não nos preenchem interiormente, não têm trazido amor, harmonia e felicidade na jornada dos seres humanos e nos cuidados com o planeta Terra.
No livro As Cartas de Armando: uma história de amor e autoconhecimento, o leitor e a leitora notarão que, por meio da busca pelo autoconhecimento, Armando e Isadora, durante as suas várias existências no planeta Terra, descobrem que a vida é uma ilusão quando aceitamos as imposições sociais da tradição como o caminho a ser traçado durante a nossa jornada.
Por isso, o livro traz chaves sobre as concepções de amor, que não se restringem a relacionamentos e sentimentos entre um casal, mas em se conhecer melhor e entender que o processo passa pela interiorização, aceitação e compreensão de si mesmo.
Alguns trechos da obra:
Amar a si mesmo é exercitar a suas escolhas, é perceber suas verdades, é concluir com sabedoria a sua jornada.
Amar a si mesmo é dizer ao outro: eu amo você porque você é reflexo de mim mesmo.
Somente quem se ama consegue entender o outro, o seu próximo, e amá-lo incondicionalmente, sem julgamentos, da maneira como ele se apresenta a você nesta vida, no planeta Terra.
Além dessas chaves, o livro foi ilustrado pela autora com mensagens não verbais — o símbolo do amor, a chave, o emissário, o conhecimento e a esfinge solar, que complementam o texto escrito e buscam levar os leitores a percepções sobre o amor, o conhecimento e o caminho para o despertar na Nova Era.