Discurso, Cinema e Educação: Metáforas Visuais em Abril Despedaçado

Ref: 978-85-473-0714-1

Tempo,  espaço, conflito, amor,  permanência e  mudança são  conceitos tão fundamentais para nós quanto de difícil  apreensão, exigindo trabalho imaginativo para os figurar. A pesquisa de Ana Cristina, por meio da ideia da metáfora visual e do discurso não verbal, torna visível tais questões intangíveis que são a matéria prima pictórica do filme Abril Despedaçado. O sertão está em todos nós como imagens do profundo; é o que a bela análise da autora nos mostra ao recontar academicamente a grande obra de Walter Salles.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 52,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 18,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-0714-1


ISBN Digital: 978-85-473-0714-1


Edição: 1


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 121


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Ana Cristina Abrantes.

Tempo,  espaço, conflito, amor,  permanência e  mudança são  conceitos tão fundamentais para nós quanto de difícil  apreensão, exigindo trabalho imaginativo para os figurar. A pesquisa de Ana Cristina, por meio da ideia da metáfora visual e do discurso não verbal, torna visível tais questões intangíveis que são a matéria prima pictórica do filme Abril Despedaçado. O sertão está em todos nós como imagens do profundo; é o que a bela análise da autora nos mostra ao recontar academicamente a grande obra de Walter Salles.

A obra Discurso, Cinema e Educação se destina a todos os amantes da sétima arte, quer atores, quer espectadores. Tem o objetivo de instruir e de entreter por intermédio das várias imagens recortadas do cinema nacional e internacional com as quais o leitor se identificará de imediato. O texto é fluido e redigido com o intuito de aproximar o leitor dos temas abordados. Independentemente se o leitor é educador, pesquisador, estudante ou mero curioso, sentirá o prazer de se ligar à autora durante uma "viagem" imaginária e sensível por meio desta análise lúdica das metáforas visuais presentes no cinema.