Epistemologias da Infância

Ref: 978-85-473-0609-0

A obra de Eliseu Riscaroli traz ao leitor reflexões importantes sobre infância, como as epistemologias tratam o assunto, as metodologias usuais na pesquisa e coleta de dados e o impacto desses aspectos na discussão acerca do tema, que tem sido um desafio, seja porque as regiões apresentam elementos contrastantes, seja porque há um misto confuso de práticas pedagógicas embasadas numa miscelânea de teorias distintas e com estratégias e materiais que não combinam.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 21,00

Nossos eBooks estão no formato ePub, o mais aceito nos variados aparelhos nos quais se podem ler livros digitais: eReaders, Smartphones, iPads, iPhones e PCs (este último por meio do Adobe Digital Editions). Os livros podem ser comprados via download nas seguintes livrarias online:

- Amazon (formato Mobi disponível para Kindle)

- Google Play Livros

- Apple Books

- Cultura/Kobo

ISBN: 978-85-473-0609-0


ISBN Digital: 978-85-473-0609-0


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 143


Encadernação: Brochura


Peso: 300 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Eliseu Riscaroli.

A obra de Eliseu Riscaroli traz ao leitor reflexões importantes sobre infância, como as epistemologias tratam o assunto, as metodologias usuais na pesquisa e coleta de dados e o impacto desses aspectos na discussão acerca do tema, que tem sido um desafio, seja porque as regiões apresentam elementos contrastantes, seja porque há um misto confuso de práticas pedagógicas embasadas numa miscelânea de teorias distintas e com estratégias e materiais que não combinam. De todo modo, as representações sobre a infância, as teorias que sustentam as reflexões e a forma como ela é retratada nos escritos políticos e históricos, na literatura e nas artes em geral fornecem-nos pistas sobre como as sociedades têm organizado sua memória, sua história e sua perspectiva de estudo ou de efetivação das políticas, considerando essa categoria de análise, a saber: a infância.