Erros Matemáticos no Curso de Engenharia Civil

Ref: 978-85-473-0245-0

Erros matemáticos no curso de Engenharia Civil é uma obra escrita com base na percepção da importância do erro como um instrumento com potencial de viabilizar a construção de conhecimentos. A pesquisa apresentada tem como foco investigar e analisar erros cometidos por um grupo de acadêmicos do curso de Engenharia Civil de uma faculdade brasileira, particularmente na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 46,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0245-0


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 153


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rodrigo Carvalho Dias.

2. Paulo César de Sousa Patrício.

3. Lilissanne Marcelly de Sousa.

4. Anderson Brasil Silva Cavalcante.

5. Albano Dias Pereira Filho.

Erros matemáticos no curso de Engenharia Civil é uma obra escrita com base na percepção da importância do erro como um instrumento com potencial de viabilizar a construção de conhecimentos. A pesquisa apresentada tem como foco investigar e analisar erros cometidos por um grupo de acadêmicos do curso de Engenharia Civil de uma faculdade brasileira, particularmente na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I. A investigação coloca-se em uma perspectiva qualitativa, e a análise dos erros foi realizada apoiando-se na tipologia de Movshovitz-Hadar et al. (1987). O método de análise adotado na sua abordagem segue as orientações obtidas em Cury (2004). Os erros estudados compõem um teste inicial realizado pelos estudantes e as provas institucionais aplicadas normalmente no semestre letivo da unidade. As análises realizadas, a partir da produção dos estudantes nos referidos instrumentos, apontam para uma prevalência de equívocos ligados à linguagem mal interpretada, aliada à definição distorcida de teorema e inferência lógica inválida. Os resultados obtidos, além de indicarem caminhos para a elaboração de possíveis estratégias de ensino, foram capazes de possibilitar uma reflexão quanto à metodologia de ensino antes adotada pelo professor, oportunizando a esse profissional assumir a autocrítica sobre os erros no processo diário de ensino da disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I, além das demais disciplinas. Esta obra é voltada àqueles educadores que entendem que a análise de erros pode constituir-se em importante instrumento para orientar o professor na sua ação pedagógica, não no sentido de evitá-los, mas de utilizá-los como possibilidade de reestruturação de ideias e de construção de conhecimentos.