Escolarização Hospitalar: Um Espaço Desafiador

Ref: 978-85-473-0699-1

Atualmente, é indispensável que os professores e pedagogos que trabalham na escolarização hospitalar tenham conhecimento sobre o funcionamento da escola dentro da instituição de saúde. Não menos importante é que os professores das escolas de origem dos alunos tenham acesso ao trabalho realizado com seus alunos durante a hospitalização.


Calcule o frete

Opções de entrega:

Versão impressa
R$ 44,00
ADICIONAR 
AO carrinho

Versão digital
R$ 19,00
ADICIONAR 
AO carrinho

ISBN: 978-85-473-0699-1


ISBN Digital: 978-85-473-2558-9


Edição:


Ano da edição: 2017


Data de publicação: 00/00/0000


Número de páginas: 137


Encadernação: Brochura


Peso: 200 gramas


Largura: 14.8 cm


Comprimento: 21 cm


Altura: 2 cm


1. Rozeli de Fátima Pissaia Gabardo Pereira.

Atualmente, é indispensável que os professores e pedagogos que trabalham na escolarização hospitalar tenham conhecimento sobre o funcionamento da escola dentro da instituição de saúde. Não menos importante é que os professores das escolas de origem dos alunos tenham acesso ao trabalho realizado com seus alunos durante a hospitalização.

 O cognitivo do aluno enfermo continua a se desenvolver durante seu internamento, e o docente da escola hospitalar precisa fazer a mediação professor-aluno, aluno-conhecimento, aluno- escola de origem, propiciando, assim, que o processo de ensino e aprendizagem continue a ocorrer de forma que o discente possa ser reinserido em sua classe.

 É preciso conhecer e entender os desdobramentos que o trabalho escolar no hospital requer, pois há a necessidade de esforços coletivos, seja de gestores, equipe de saúde ou equipe de educação, no sentido não somente de se cumprir a lei que determina que todas as crianças e adolescentes tenham direito à educação escolar, mas, também, de se realizar um trabalho de qualidade, para que o conhecimento possa ser construído mesmo em momentos de dor, angústia, sofrimento e incerteza.

 Este livro traz uma coletânea de artigos que apresentam a escolarização hospitalar e seu amparo legal, com o objetivo de refletir sobre a prática de seis anos de escolarização hospitalar em um hospital infantil e 10 anos no estado do Paraná.